sexta-feira, 2 de novembro de 2012

birras

Alguém tem uma fórmula mágica para gerir as birras de uma criança a dias de perfazer os 3 anos?

 

(por birras entendo ataques de génio em que voam coisas, palmadas e castigos só aumentam a raiva do seu protagonista e às vezes acho que tenho um pequeno ditador em casa)

(dicas? Alguém?)

(e não me venham com a conversa da educação pela positiva em que o diálogo é a solução porque esta alminha nestas alturas já nem ouve nem vê ninguém)

6 comentários:

...Miminhos... disse...

Rita....estou a ver-me neste post...estou a dar em doida...nada resolve...palmadas...castigo...gritaria...dou por mim a ver-me como má mãe...tou à beira de um esgotamento!

Help Us dear God!

Cusca disse...

- Deixá-lo a fazer birra até ele acalmar 0 ignorá-lo!
- Fazer birra com ele! Pode ser que se assuste e pare!lol
- se estiveres na rua pedir a um estranho que fale com ele, pode ser que se sinta intimidado e pare!
- abraça-lo com força (dizem que libertamos uma hormona que acalma as crianças, será!?)
- vai tentando vários cenários até encontrares algo que funcione com ele, cada criança é diferente. A minha não me faz grandes birras e quando faz passa em segundos. lol (não tenho muita experiência nisso)
Beijos, boa sorte e muita paciência!

tata disse...

Eu sei que é difícil, e ainda não entrei a fundo na fase das birras (o meu ainda só tem 1 ano e 8 meses), mas acho que o melhor será ignorar por completo a birra até que lhe passe e só depois falar com ele. Às vezes a birra pode ficar mesmo descontrolada, e uma palmada ajuda-os a acalmar (por incrivel que pareça)...

Luna Piena disse...

Rita sugiro te um livro que dá para birras e outras coisas. Intitula-se Guia de Bolso para Pais de crianças dos 3 aos 5 anos da editora Bizâncio. Espero que ajude. Connosco tem ajudado

OutraMaria disse...

nao existem formulas magicas...apenas muita paciencia. E isto é fase e vai passar. Ja pensaste em coloca-lo numa arte marcial. Eles adoram e aprende um pouco de tudo ;)

Maffa disse...

A melhor receita p as aturar p mim foi - respirar fundo, contar até 5 para mim, não ceder mesmo q seja uma coisa insignificante (para ele perceber que näo é por fazer birra que tem o que quer), e ao mesmo tempo ficar perto do filhote em transe, e dizer frases simples - percebo q estejas triste, mas não pode ser...
Quanto mais calma e compreensiva me mostro mais rápido acaba a birra.

Gritar e bater näo resulta...

Agora com 4 anos säo raras as birras mas ainda acontecem.
Quando näo tenho tempo e tenho de o fazer despachar para ir embora, digo que lhe vou esconder o brinquedo favorito do momento se ele näo fizer o que eu disser. E escondo mesmo, durante uns dias para ele perceber que o que digo faco.