segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Mãe preocupada

Procura conselhos sobre entrada de filho de 2 anos (faz 3 no final de Novembro) na escola, em setembro, ainda não largou a fralda, não come sozinho, tem estado desde que nasceu em casa e a instituição que o acolhe não pretende fazer período de adaptação (são duas turmas de 3 anos, de + ou – 26 pestinhas cada…).

 

(vá, chutem daí coisas para eu ficar mais preocupada ainda…)

(já estou sentadinha…)

 

 

8 comentários:

Há um amor que nunca morre disse...

As crianças tem uma capacidade de adaptação muito melhor do que a nossa!!! Tens sensivelmente duas/três semanas para lhe conseguires tirar a fralda e de resto ... aposto que tudo correrá pelo melhor!! :P
Vai adorar a nova experiência! :)

sílvia disse...

a instituição não pretende fazer adaptação?!? mas tu, como mãe podes exigir isso! a criança não vai ser "jogada" para um meio que não conhece da noite para o dia...aconselho a procurar outra escola...

Anónimo disse...

Não vale a pena preocupares-te pora anticipação! Logo se vê! Vais ver que, ao ver os outros, o piratinha vai querer também fazer..! ehehehe
Pat

G disse...

Vai correr tudo bem, assim que ele vir os outros a fazerem as coisas, especialmente a parte do almoço ele vai querer fazer também. Vai ficar feliz por ter mais meninos para brincar, o problema será no regresso a casa. :)

Nicole Inacio disse...

Olha como conselho posso te dizer, para começares a deixar explorar a comida, nem que seja com a mão, e vai dando a colher e ajudando... do tipo agarras na mão dele e levas a colher ao prato e a boca... ele logo começa a comer, sai fora metade mas faz parte da aprendizagem... não sejas como a minha cunhada que ai credo que se suja e nunca mais é sábado e vai de lhe dar a comida... a rapariga ainda hje tem 5 anos e não come nada a não ser que lhe dêem... Quanto a fralda os meninos demoram muito a ir ao penico... paciência e tira a fralda fez xixi na cueca deixa o tar um pouco molhado e diz n se faz ai, assim ficas molhado.... se tirares logo e limpares ele não percebe a diferença de uma fralda... este disse uma pediatra na televisão....

Anónimo disse...

Se tem de ser, tem de ser. E entra aqui o blá bla da capacidade espantosa de adaptação.

E, no entanto, 25 pestinhas por turma é um bocado.
Troquei o meu filho quando a turminha dele começou a crescer dessa maneira. Notou-se logo o efeito da falta de atenção e da educação em manada.

Felizmente pude fazer a mudança para colégio com turminha mais pequenina, mais atenção.

Se não pudesse ser...ora teria de ter a mesma atenção que os coleguinhas e a vida é assim mesmo.

Quanto à faldra e comida, ele vai ver os outros e socializa-se depressa. Eles aprendem porque são macaquinhos de imitação (aprendem mais assim do que com mil palestras e advertências).

Ângela Fonseca disse...

Olá Rita, não é muito frequente fazer comentários nos blogues, mas aqui penso que posso deixar o meu testemunho, pois a situação é muito idêntica, só que já foi no ano passado.
O A fazia 3 anos em Dezembro, usava fralda (e a experiência de desfralde tentada nas férias foi um perfeito desastre), não comida nada de jeito, era pouco dado a brincar com outros miúdos, só tinha estado em casa e com a avó, nunca tinha frequentado qualquer tipo de colégio.
Então, nós pais, estávamos completamente em pânico com a entrada dele na pré-escola. Durante as férias fomos dizendo que ia para uma escola muito linda com muitos meninos e blá blá blá. Uns dias antes de começar a escola fomos mostrar-lhe o sitio, e focamos que era muito lindo, tinha muitos desenhos nas janelas e mais não sei o quê...
Tivemos uma reunião geral de pais antes do começo do ano lectivo e nós ficamos para o final para podermos falar com a educadora, principalmente da questão da fralda que era um verdadeiro tormento para nós. Fomos muito acarinhados pois ela percebeu a nossa angustia e disse que teríamos que trabalhar em conjunto e assim foi.
Ele ficou bem a primeira vez, bem a segunda e sempre bem...deitando por terra toda a nossa preocupação, adora a escola de paixão e nós que andamos com o nó na barriga tanto tempo, nem queríamos acreditar.
Claro que não são tudo rosas, ele continua a ser o menino mais "biqueiro" para comer, ma já sentimos os progressos; este anos trouxe uma avalanche de maleitas cá para casa, à qual não estávamos habituados ( fomos avisados que era normal, pelo pediatra); a questão da fralda só ficou resolvida completamente AGORA, sim à cerca de 2 semanas, não vale a pena andar a forçar a barra, cada criança tem o seu tempo.
Tenha força e não se deixe levar pela preocupação em demasia, vai ver que vai correr tudo bem. Assim espero.
espero não a ter maçado com o discurso, mas apenas dei por mim o ano passado ao ler o seu post.
beijos
Ângela Fonseca

vidasdanossavida disse...

Olá. Eu faria a integração ao longo da semana e há legislação para o número de alunos nas salas. O meu vai fazer 3 anos em Janeiro e a ipss dele, que eu adoro, não tem nem 20 meninos na sala deste ano, apesar de já ter mais 6 meninos que no ano passado. Eles têm forte capacidade de adaptação e vai querer comer e ir à sanita como os colegas. Boa sorte para os dois.