sexta-feira, 6 de julho de 2012

Fui convidada para fazer um curso de cozinha

 

E acho a situação, no mínimo, irónica. Sou uma nulidade (das verdadeiras) na cozinha. Sei estrelar um ovo e fritar um bife, mal e porcamente. Na verdade,  sou um fracasso assumido.

 

A Vaqueiro percebeu isso na primeira hora em que entrou neste blogue “esta gaja precisa de uma esfrega, vamos lá fazer dela uma mulher” e atreveu-se a convidar.

 

Como quem não deve não teme (“não é assim?”), fiquei tipo criança aos saltinhos que recebe um presente (devo considerar isto um presente?). Vou aprender qualquer coisa. Seja lá o que for, vai de certeza valer a pena.

 

(não quer dizer que me torne numa fada do lar, mas o saber não ocupa lugar – “não é assim?”)

(obrigada à Vaqueiro que tem olho para a coisa, tirar mulheres do buraco parece-me uma decisão de extremo bom senso. Vou ser uma aluna esforçada)

(depois conto e publico fotos se me deixarem)

(continuo aos pulinhos)

5 comentários:

Juanna disse...

Tenho um livro de receitas Vaqueiro, bom, bonito e barato. É porreiro.

diafeliz disse...

Excelente! Quero ir jantar em tua casa ,um jantarinho feito por ti, assim que o curso acabe. Fico aqui a torcer para que tenhas muito bom aproveitamento e que te sensibilizem a gostar dessa arte magnifica e relaxante que é cozinhar. Ah! Ah! vai ser tão bom!

Anónimo disse...

Assim já se passa a cozinhar melhor! :)

http://youngfashion.blogs.sapo.pt

amiga da onça disse...

Bem que precisava dum workshop desses, por vezes tenho reclamações:)

Kiki - Família de 3 e 1/2 disse...

Que sorteeeeee!!!! Também quero!!! hahahaha