terça-feira, 20 de março de 2012

Nunca disse que não tinha mau feitio...

Na sexta-feira a ideia era irmos à Luz ver o jogo contra o Beira-Mar. Jantar a seguir e por fim dormir num qualquer hotel da nossa cidade. Na sexta andei o dia todo rabugenta a pensar alto “caramba, nunca temos um tempo a dois e quando temos vamos ao futebol?”, “caramba, vou rapar um frio…”, “caramba vou morrer de fome até irmos jantar”. Eu sei que tenho mau feitio. Nunca disse que não. Eu sei que lhe azucrinei a cabeça assim a partir de uns três dias antes… Eu sei. Mas também sei que ele tem a paciência de um santo para me aturar e no dia levou-me a jantar com toda a calma deste mundo, sem pressas, nem fraldas nem cagadas nem birras nem febres, acima de tudo sem frio e sem futebol no estádio (que a TV estava bem ali!) e depois ao cinema sessão da meia-noite e depois o hotel. Eu sei que tenho mau feitio, mas vocês pensariam o quê?

 

(nota: eu também lhe aturo as coisas mais estapafúrdias nele. Que fique registado.)

(devíamos fazer isto uma vez por mês. A bem da nossa sanidade mental.)

(tenho dito)

1 comentário:

joaotvalente disse...

Devias encarar essa "ida para o hotel" como o necessário "estágio" para dar a "força moral" que culminou na grande exibição e grande vitória de ontem na Luz ...