segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Mãe sofre!

Eu juro que não sei onde vou buscar forças. E juro que mais do que um filho, neste preciso momento, me parece o caos. Agora, a cada colher que lhe dou ele diz "já tá" . E abana a cabeça. E fala a sua linguagem zangada que só ele percebe (eu limito-me a entender que ele está a dizer palavrões de bebés). E eu seguro o seu queixinho à medida que vou dando a refeição, porque estou farta de dar de comer aos cabelos dele e à roupa, e a mim própria. E claro, de há uns dias para cá, que se alimenta ao mesmo tempo que assiste aos anúncios da TV.

(comer e dormir são sempre as nossas maiores preocupações. Isto, claro, se não estiver doente)
(e as fase das birras já chegou. Quando o pirata está perdido de sono, a chorar, encostado à parede e a bater o pé porque é contrariado, apetece lá ir dizer que ele é lindo, mas não posso alterar a minha cara de séria. E quando se entesa todo porque não o deixamos fazer ou mexer em qualquer coisa? Este pequeno ser de 14 meses ainda vai dar muito que falar...)

Fim de semana perfeito*

De sexta para sábado a batata passou a noite com cólica fortes e feias, a vomitar tudo o que tinha nas entranhas, ao mesmo tempo que era vítima de uma diarreia que só parou com vários imodiuns e ultralevurs...

Sábado, porque a vida é mesmo perfeita, foi trabalhar para os jogos de Rugby do Campeonato Nacional, com um frio de rachar. Fraca. Zonza. Doente. Até às 20h e tal da noite.

O melhor de tudo ainda foi quando o pirata caiu de nariz ao chão, queda feia e que o fez chorar à séria. Nariz a sangrar e negro. Rabugice, mimo, chorinho durante dois dias.

Cereja no topo do bolo? Empregada hoje não veio. Está com... INTOXICAÇÃO ALIMENTAR.

(puta que pariu estes dias de merda que me deixam KO)

*N-O-T

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Victor Peter o rei do rock português!



Que maravilha! Já tinha saudades :)

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Modas

Eu sei que sou demodé. Que não acompanho as modas. Que sou brega. E velha do restelo. E tudo e tudo. Mas começo a ficar mesmo chateada porque, vá-se lá saber por alma de quem, resolveram abolir as calças à boca de sino, ou mais largas em baixo, vá, para não ser tão drástica, e com a agravante de terem a cintura mais subida do que o habitual, para me conseguir sentar sem ficar com o rabo de fora, acho que não é pedir muito. E eu gostava mesmo de usá-las com botas altas e ténis e botas baixas e sabrinas e havaianas. E agora não posso. Porque ouço sempre a mesma resposta em todas as lojas, "ah esses modelos foram descontinuados" ou "ter temos mas as cinturas são muito baixas" e ainda "isso já não se usa".

Oh foda-se, mas porquê? Nem as levi's e as salsas desta vida, que são caras como a merda, me podem ajudar. E eu acho mal. Mesmo!

Pronto, era só isto. Adeus.

E vão 5 netos para os meus pais!

E já nasceu. E é parecida com a irmã. E é perfeitinha. E pequenina. E o novo benjamim da família. E estamos todos muito felizes. É tão bom ter uma família grande :)

Bem-vinda Luisinha!

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Um dia tenho "mais uma" sobrinha...

...hoje será o dia :)

(*nunca será "mais uma". Cada um dos meus sobrinhos é único!)
(Luisinha, está tudo à tua espera :)

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Hoje

Chegada à Segurança Social: 8 da manhã. 1h a gelar na fila que já se formava à porta. Tudo para conseguir uma puta de uma senha (às 10 da manhã já não há senhas). Entrar e mesmo assim ter 29 pessoas à frente. Fora os prioritários. As mães com as crianças de colo. As grávidas. As velhas de bengala. Saí de lá às 12h. E fui cumprir uma obrigação. Faria se não fosse...

(lá está, só no nosso país se madruga para conseguir ser atendido na Segurança Social. Se temos que descontar porque temos de fazer estas figuras para sermos atendidos? Faz sentido?)

Só mesmo em Portugal

Batata a (tentar) votar "bom dia, aqui tem o meu cartão de cidadão e o meu cartão de eleitor".
Senhora da mesa: "hummmm" "hummm" (olha para o cartão olha para a que está sentada ao seu lado coça a cabeça) "não consta, dirija-se à fila para saber o seu número" (fila interminável cujas pessoas tinham ar de desespero. inclusivamente, muitos desistiram)

Decido não ir para fila nenhuma. Ligo a uma amiga "vê-me lá aí na net o meu número, sff". Fui até ao colombo efectuar uma troca com mamãe e fazer tempo. sms da amiga "sistema em baixo" "não encontro" "dá erro".

De saída do CComercial, outro sms "achei! o número é XXXX".

Estou perto da escola. Fui e votei.

(mas acho tudo isto incrivelmente absurdo! Deviam ter publicitado mais esta questão, eu não fazia puto ideia! Mesmo! E vejo telejornais! E hoje fui à junta de freguesia "ah, agora não há cartão, tem de decorar o número. Whatt??? Daqui até às próximas eleições, onde já estará o dito...)
(e fala-se tanto em magalhães e camandros e o sistema digital do cartão do cidadão que deveria dar para ler e saber o número de eleitor que não está escrito "por lapso", ficou onde???)
(ainda enviei sms para o 3838 mas resposta nem vê-la...)
(eu sei que estamos sempre a dizer mal, mas caramba há alguma coisa que funcione?)

domingo, 23 de janeiro de 2011

Duas ou três vezes? Mães deste país, "vós sois umas sortudas!"

Volta e meia ouço alguém dizer "ah esta noite foi horrível, o meu filho acordou duas ou três vezes, estou estoirada". Pois bem minha gente, vamos lá parar com isto! Aqui em casa, uma noite dita normal é precisamente quando o pirata não acorda/mia/dá de si umas duas ou três vezes. Ah, e quando estes despertares se resolvem com uma festinha e uma chucha. Isso é o que estamos habituados. E nos viramos um para o outro e comentamos radiantes "esta noite não foi má!". E depois uma noite má, que acontece pelo menos uma vez por semana, é quando o sacaninha dorme uma ou duas horas e depois resolve que dormir é para meninos. E fazemos piscinas ao quarto dele MUITAS vezes. E ele põe-se de pé e nós deitamo-lo. E o gajo entesa-se todo porque não quer. E mudamos fralda. E damos leite. E deixamos "miar" no limite do bom senso. E muitas vezes acabamos na sala. E ficamos horas nisto. E depois, uma noite inteirinha sem um som. Assim das 21h às 9h. Ou algo do estilo. Foram poucas. Muito poucas. Raras mesmo.

(sim, nós sabemos... somos ao contrário das outras famílias portuguesas!)
(outro filho? talvez daqui a uns seis anos, porque este ainda nos dá muito trabalhinho. E é tãoooo fofinho! Sim, que só tenho olhos para ele, mesmo sendo assim piratinha tal e qual a sua mãe!)

Sábado

Ontem fomos almoçar ao D'Oliva. E fomos andar a pé pelo Chiado e Rua Augusta e afins. E estava (e continua) um frio horrível. E o batato adora estes dias solarengos e gelados. E eu acho que não havia necessidade. Mas há muito tempo que não faziamos um passeio como antigamente. Que isto de ter crianças pequenas muda toda uma vida. E por isso valeu milhões.

(à noite o batato ainda teve coragem de ir ver o benfica in loco, equipado como se fosse para a neve. é preciso gostar muito...)

sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Que saga!

Alguém tem conhecimento de umas fraldas milagrosas que aguentem toda a noite sem que eles acordem todos molhados?

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

(Cum caneco, que não há palavras...)

Se a cena das barrigas de gesso já é, a meu ver, algo a roçar o mau gosto, o piroso e o brega, imaginem quem agarra nessa barriga e faz dela um candeeiro.

Para bom entendedor, meia palavra basta...

Assim de repente, sinto-me na obrigação de agradecer aos meus pais por me terem chamado Ana Rita...

Gosto!

sábado, 15 de janeiro de 2011

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

What????

"Quando o teu filho começar a andar, vais ver que as noites vão ser muito melhores"

(não confere)
(o meu filho é um "excitadinho" irrequieto desde que nasceu, não há volta a dar!)

De Balança passei a ser do signo Virgem

Não sei se é bom ou não. E agora como justifico as minhas eternas indecisões e a minha instabilidade? E agora o que respondo quando me disserem "caramba, és mesmo desiquilibrada!"? Dantes dizia "ah e tal a balança nunca está com os pratos em igualdade, um pende sempre mais do que o outro, bla bla". What about now?

(acho que, face a esta nova descoberta no mundo da astrologia, nunca mais vou ser a mesma...)

Está a chegar! :)

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Boa pá!

O batatinha e o companhia fizeram as pazes, passados 9 anos!

(tinha de registar isto, já que nessa altura eu era uma pequena estagiária do TVI on-line e assisti à cena in loco)

Já estou por tudo!

Será que a mãe do CC lhe disse "filho, até já"????

E depois não querem piadas...

Amanhã estreia a nova temporada do "Programa do Além", na TVI. O primeiro convidado é o Carlos Castro. E isto é a sério.

(adenda: afinal é um programa que o CC gravou em Outubro para falar com a mãe. Bela estratégia de audiências! Piadas não se podem fazer. Aproveitar a situação para ganhar audiências já pode ser... SONSOS!)
(adenda 2: e a TVI está só à espera que uma das irmãs do CC chegue a Portugal para gravarem o programa em que a mesma vai falar com o irmão)
(venham mas é as piadas do saca rolhas, porque não??)

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Cada tiro cada melro...

E um atestado da junta médica* passa de 0,90 cêntimos para 50 euros, por alma de quem??

(*por exemplo, uma pessoa que não possa conduzir com cinto de segurança tem obrigatoriamente que andar sempre com esse atestado, logo tem de o pagar,custe o que custar...)

Ridículo

Acho absolutamente ordinário o que um pai/mãe tem de fazer para conseguir que o seu filho entre para o colégio X ou para o colégio Y, onde (só por mero acaso e coincidência) vai pagar uma "pequena" exorbitância. O pirata está com um ano e se quero que entre aos três para a escola tenho de mover mundos e fundos para ter vaga. Mas que merda de país é este em que tudo é um suplicio e um desgaste e uma tanga? "Ah e tal, para o seu filho entrar em Setembro de 2012? Já o devia ter inscrito quando nasceu!". Olha que porra! Não estamos a pedir nada de mais, ou sou eu que estou equivocada? Se a educação é um direito que nos assiste, para quê este filme todo?

Resultado: fica inscrito em várias escolas e espera ter vaga numa delas.
(1º entram os que vêm do berçário 2º entram os que são filhos de funcionários 3º filhos de antigos alunos 4º já me perdi................................................)

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Hoje é o dia mundial do obrigado

Aos paizinhos, por me terem concebido e me permitirem conhecer a vida!
À mãe batata um agradecimento em particular, pelo que me atura, pela paciência, compreensão e amor incondicional.
Ao pai batato porque sou apaixonada por ele desde que nasci, no matter what...
Aos meus irmãos rapazes, porque são os meus protectores. Os meus conselheiros. Os que me mimam.
Às minhas irmãs, Maria, porque com ela cresci e brinquei e partilhei as brincadeiras de meninas, e ri e contei as minhas "cenas". Mafalda, porque é a minha pequenina. Vai ser sempre. A minha menina de colo. A minha caçula.
Ao batato porque me apoia em tudo. Me dá na cabeça. Tem dias que é chato como tudo. E me ama com os meus defeitos e virtudes. E embarcou comigo nesta viagem da maternidade. E me mima e faz cafuné e me deixa enroscar nele. Acima de tudo, por não desistir de mim.
Aos meus amigos, todos, pav, católica, rua, sevilha, choice, por me darem sempre a mão. Estarem lá quando realmente preciso. Por não me julgarem.
Ao meu filho (sempre sonhei dizer isto!), por me ter ensinado o que é o amor incondicional. Por me ensinar, todos os dias.
À vida, que já me fez cair e levantar algumas vezes. E com quem às vezes me zango.
A Deus, porque acredito que tudo isto tem mãozinha dele. E com quem também me irrito algumas vezes.
Aos meus avós. Porque sim. E tenho tantas saudades.
(ponto final parágrafo)

Alguém me explica?

Por alma de quem é que o preço do bilhete do eléctrico aumentou de 1,40 para 2,50 euros???

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Jantar de católicas

E dentro de dias nasce mais um catolicozinho :))) Estamos mesmo crescidas :)))))))))))

(amei o lanche, os presentes, a converseta, a companhia e amo a nossa amizade!)

sábado, 8 de janeiro de 2011

Cum caneco

Acordar com a notícia da morte do Carlos Castro não me parece um bom auguro para este fim-de-semana.

(eu sabia que o facto do gajo(a), que tinha 65 anos, andar metido com um de 20, não daria, de certeza boa coisa, mas acabar assim é qualquer coisa de muitoooo surreal)
(castrado? nem consigo imaginar o cenário!)

sábado, 1 de janeiro de 2011

Entrada a toda a velocidade em 2011!


E o Herbie??? Porquê??? Mas porquê???????????????????????????????????'