sábado, 12 de novembro de 2011

Famílias numerosas ou obrigada Tia Isabel

Ontem houve reunião familiar na praia das maçãs. Sob o mote 11-11-11 uma das minhas tias paternas, tia avó do pirata, organizou um jantar como faz por exemplo no Natal. Tirando o facto de calhar em dia de greve. E tirando o facto de constatar que o meu filho está cada vez mais mimado e faz birras parvas e nós acabamos por não desfrutar da coisa, foi bom estar com o meu pai, os meus irmãos e cunhadas, os meus sobrinhos, os meus primos e filhos de primos, e tios. E ao todo eram (deixem cá contar) 9 crianças - até aos 6/7 anos. Mais dois adolescentes (ou uma pré adolescente e um adolescente). E ontem eu e os meus irmãos e primos eramos as crianças e hoje somos os pais. E o lugar dos meus avós estava lá, ocupado pelo meu pai e tios. E há coisas que nunca deviam acabar, e pessoas que nunca deviam ir. O sofá onde há 2 anos a avô passou a noite com o meu filho de 1 mês ao colo foi o sofá onde ele ontem não quis comer e onde gritava de excitação com os lápis de cera e onde as minhas sobrinhas brincavam. A tia fernanda fartou-se de tirar fotos. Outrora seria o avô. Mas nestas alturas não há como não enfrentar o Ic 19 e ficar a dizer palavrões na fila para chegar ao destino, porque a tia Isabel teve toda uma trabalheira e nós não a queremos desiludir e gostamos de ver os putos todos reunidos.

(Tia mila, por onde andavas tu?)

1 comentário:

Caçula disse...

E eu aqui... Longe do mundo, de tudo e de todos! Ai pah! Quero outro jantar desses mas comigo por aí! Sim? Saudades dessa gente toda..