quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Dá para uma mulher não reclamar?

E agora que perdi o peso que queria, todas as manhãs é o verdadeiro carnaval para escolher o que vestir. A maioria das calças faz-me parecer uma "pinta calçuda" de enormes e largas que agora ficam... as partes de cima, jizus, em muitas cabem duas de mim. Para ajudar, ando o tempo todo em que me tento despachar a ouvir o batato (que, desgraçado, é destacado para opinar sobre cada peça que entra aqui no corpinho) a dizer "despacha-te pa, não podes chegar atrasada!". E tenho chegado sempre a horas. E vou o caminho todo a pensar "porra, tenho que ir comprar roupa" (a outra guarda-se para quando voltar a engordar, nunca se sabe!).

Sem comentários: