quarta-feira, 10 de agosto de 2011

As crianças não têm quereres (e repito isto várias vezes)

Hoje ia com ideias de comprar um leitor de dvd portátil para o puto. O objectivo era ele não dominar a tv com os rucas quando o queremos calar (já sei que sou uma besta) e pô-lo com a maquineta a ver os bonecos de enfiada. Mas aquela porra custa, no mínimo, 70 euros. E eu não dou 14 contos para o pingente macaco ver dois minutos e depois atirar para o chão ou arrancar a tecla. Era só isto.

6 comentários:

Lilim disse...

Olá,
a minha técnica com o meu menino de 18 meses é pô-lo a ver o Ruca no youtube - consegue ver 20 episódios de enfiada.
É só uma sugestão:)

Juanna disse...

É a frase que eu mais odeio, disseram-ma 29893847489075 vezes e eu odiava. Têm quereres, têm mil quereres, basta dizer que não quando não se pode. É tão humilhante e redutor dizer a um puto - não tens quereres. Soa mesmo a um não vales nada.

Traquinasmother disse...

Um dvd portatil..é um investimento que vale cada cent. Pronto há o tema da idade do pequeno...mas se conseguir algo mais barato, ou que ele não o estrague, vai agradecer...eu sou muíto agradecida aos jogos electrónicos e dvds, porque tendo 3 filhos..são muitas horas passadas em salas de espera..de hospitais..de centros de saude..de dentistas...eu sei lá..de ir ás compras...e dentro dos limites são uma boa ferramenta. Eu normalmente quando compro um tm para mim vejo os jogos que tem já a pensar nos miudos. Mas não pense que há cá em casa máquinas "xpto" nada disso..eles pedem..e os pais dão o que podem...e há que respeitar as regras( que confesso são muitas..por eles jogavam a todas horas..mas tb existem livros, jogos mil..)
Ai que seca estou aqui a dar....

Marlene disse...

Rita,

Nós compramos um desses portáteis especialmente para as viagens. Do Porto ao Algarve são no mínimos umas 5 horas, sem paragens e o n/ filho só dorme aí uma hora. Não é fácil entretê-lo o resto do tempo.

Os filmes ajudam imenso e não estou nada arrependida.

Marlene

Anónimo disse...

Muito bem, eu tb penso assim. Os pais é que sabem o que é melhor para os filhos, eles não têm a noção do que é ou não melhor para eles. Logo que tenham 18 anos ai já poderão saber o que querem.

barcelence disse...

Ó Juanna
não se trata de a batata impôr vontades ao puto e dirigir-lhe um "criança não tem quereres"; deve ser mais um caso de não deixá-lo a ele impôr as suas vontades aos pais. Entre dar-lhe uma lição e gastar 70 euros, o que a batata decidiu, foi dar-lhe a tal lição, porque assim o filho já aprende para o futuro e o dinheiro fica para outra coisa ou para outra altura.(Não se tratará de um «caso clássico» de criança não tem quereres até porque, do que percebi, o miúdo não pediu o leitor de DVD)