sábado, 18 de junho de 2011

Obrigada a quem me faz usar esta expressão todo o santo dia!

"O melhor de dois mundos não existe". Esta é a frase que mais me ocorre nos últimos tempos. Agora que chegaram os dentes (momento em que eu já questionava se o miúdo seria normal e o camandro), não há nada que consiga lutar contra o incómodo que o miúdo deve sentir, nem o milagroso Melamil. Ele não chora nem se queixa mas as noites têm sido substancialmente más (hoje estou com cerca de 2 ou 3 horas de sono), porque aquilo deve agitá-lo de alguma forma. A média é "noite boa, noite má, noite boa, noite má, and so on..."Não me peçam para explicar porque sou leiga na matéria. Mas pronto, era só isto. Estou muito feliz por o puto ser um pirata que afinal tem dentes. Estou fodida da vida porque isso o faz sofrer de alguma maneira e é tudo uma espiral. Se ele sofre nós sofremos. Se ele não dorme, nós não dormimos. E, tudo bem que desde sempre que tivemos más noites. Nunca foi sossegado mas andávamos há 1 mês "no céu", vá. E agora pronto, uma das melhores partes do mundo já era. Caput. Finnito.

6 comentários:

Crisolas! disse...

oh motherhood... can´t live with it, can't live without it! :-)

Tia Lena disse...

Olá, sobrinha

Só para te tranquilizar um pouco,todas essas angústias costumam reduzir muito à segunda volta.
Assim sendo, sabes o que tens que fazer;até porque há uns tempinhos, curtos, que não temos gente nova na família.
Beijocas tia Lena

Rita disse...

olha quem é ela, crissssssssssss :)))))))))) bienvenida aqui ao estaminé :))))

tia, entre a sara e o pedro esperaste qts anos? estou a fazer medias, hahaha! eu tenho 3 anos d diferença do meu irmao! o meu sobrinho f e a irmã têm 4 anos! a martinha e a ritinha têm uns 2! a ines e a leonor têm 3 ou 4! TENHO TEMPO, É A CONCLUSÃO! maria e luisa tambem sao 2 anos, sendo q a maria é uma excepçao d menina bem comportada!

src disse...

lolol Rita, estou com a tua tia! Faz como eu e deixa-te ir... já que a coisa está caótica, então que vá tudo a baixo de uma vez só! lolol Se já não durmo por causa de uma, venha já o 2º... é o chamado "perdido por 100, perdido por 1000" lolol

Ana Sofia disse...

Não te quero assustar mas os dentes de cima (os 2 da frente) são bem piores para nascer (até porque normalmente são bem maiores). E se o teu filho for como o meu, cujos dentes lhe nasceram sempre aos pares, coitado... imagina o que é ter dor de dentes a dobrar!
Na altura comprei um gel homeopático na farmácia (Dologel) que lhe esfregava nas gengivas. É fresco e acalma. Ele não gostava muito mas quando via que o aliviava deixava-me pôr.
Pensa assim, pelo menos estiveste 18 meses sem saber o que é uma verdadeira dentada. :) Eu já não posso dizer o mesmo: aos 6 meses já tinha 2 dentes e agora, quase a fazer 1 ano, já tem oito. Tirar-lhe o que quer que seja da boca é uma verdadeira aventura!
Felicidades...

Anónimo disse...

Olá Rita! Não tenho filhos (ainda), mas vi o que a minha irmã penou com o meu sobrinho desde os 6 meses... também não chorava muito, mas ficava muito agitado, babava-se até mais não e roía tudo. Experimentámos várias coisas, mas o que resultou melhor foi um brinquedo que lhe demos próprio para esta fase - tens uns arcos que depois de se colocarem no frigorífico uns 20 min ficam frios. Com ele funcionou! Comprámo-lo aqui:http://www.pimpumplay.pt/Produtos/Produto.aspx?id=127.
É uma fase chata, mas depois é tão giro vê-lo a rir com os dentes (quase) todos! :D
Patrícia