terça-feira, 31 de maio de 2011

Vidas

O batato esteve fora 4 dias. De férias com um amigo em Berlim. Na sexta tive um jantar de aniversário e a empregada dormiu lá em casa. Minha gente, vocês não estão a perceber bem a euforia. Fomos jantar aos meninos do rio. Cheguei a casa às 3 da matina. A verdadeira loucura. Eu, amigos, copos, calor. Nem dava para acreditar. Estive feita uma criança feliz a quem dão o presente desejado há meses.

(e agora vocês dizem: "porra, ao ponto que esta gaja chegou...". é isso mesmo. a maternidade dá-nos coisas lindas e faz-nos abdicar de outras tantas, que também tiveram o seu auge e que nos sabe pela vida reviver)
(e o próximo passo é sair daqui sozinha com o batato. ai é, é!)

6 comentários:

Anónimo disse...

Welcome back baby... :)

http://cenasdegajo.blogspot.com/

gralha disse...

Como te compreendo! Aproveita teres empregada enquanto eu me roo de inveja.

Mommy Kiki disse...

Que maravilha!!! Como eu te compreendo!!! No outro dia ficámos felizes só de ir ao teatro e voltar às 23h30 para casa! Ir beber um copo com amigos até às 3h da manhã era a lócura!!! heheheeheh

Anónimo disse...

não percebo, estás desempregada e tens...uma empregada? fonix

Rita disse...

fonix o q? achas q estou desempregada desde que nasci? estou desempregada ha 1 semana. n foi premeditado. e n vou despedir a mulher pq a intençao é arranjar emprego, boa? tal como n o tiraria da creche, se fosse esse o caso.

Rita disse...

fonix o q? achas q estou desempregada desde que nasci? estou desempregada ha 1 semana. n foi premeditado. e n vou despedir a mulher pq a intençao é arranjar emprego, boa? tal como n o tiraria da creche, se fosse esse o caso.