segunda-feira, 23 de maio de 2011

Anyone?

Quando num processo de recrutamento recebemos um mail a dizer "passou à 2ª fase e agora temos um desafio para si" (sendo que a 1ª fase foi apenas e somente o envio do CV). E depois esse desafio consta numa tradução para inglês e numa apresentação PPT baseada no site da empresa. Fazemos a coisa como deve ser? Deconfiamos e pensamos "que raio, estamos a fazer-lhes a papinha toda..."?

(até porque como vão eles saber que não pusemos alguém a fazer por nós? eu sei que é suposto sermos honestos, mas não era melhor uma entrevista pessoal primeiro, testes in loco, por ex, e depois TALVEZ pensar nisso? estou meio confusa...)

8 comentários:

Mais uma Rita disse...

Depende do grau de necessidade. Ou:
a) Desconfiamos e fazemos como se nos fossem pagar por isso, porque somos bem mandados e estamos a precisar do emprego;
b) Desconfiamos e fazemos, mas deitamos lá para dentro um "let's make a toast" como um "vamos fazer uma torrada" e confiamos na apetência da empresa para reconhecer sarcasmo.

Juanna disse...

Faz, se depois achares que foste aldrabada, paciência. Haverá sempre gente aproveitadora no mundo e ao menos tu sabes que não és uma delas.

Anónimo disse...

Humm... os processos de selecção que fiz para empresas/organizações internacionais como Google e as Nações Unidas tinham sempre testes escritos ANTES das entrevistas. Só depois vinham as entrevistas e observação em grupo.

Aqui em Portugal, no entanto, fico sempre de pé atrás.

Força e boa sorte!
Rita M

src disse...

eu desconfiava...

verniz escarlate disse...

Decidas o que decidires, espero que consigas o lugar!
bj

Ana disse...

Querem avaliar o teu inglês e querem avaliar o quão capaz és de vestir a camisola mesmo sem conheceres bem a empresa (assim como avaliam o quão conheces dela e não usas "chavões"). Eu faria, aceitaria o desafio. Não se perde nada e ainda se aprende (até, a "vender" o que sabemos). E eles são algo originais no pedido ;-)

Anónimo disse...

Eu já passei por várias entrevistas dessas. E os processos de selecção dessas empresas nunca seguiram para a frente, ou seja, havia 50 candidatos a fazer textos e a enviar e eles não chamaram ninguém, com a desculpa do processo de selecção não ter ido para a frente. Se a proposta for para empresas da LX factory, é de desconfiar ;)
Boa sorte,

Sofia

Anónimo disse...

Olha mana faz de qq das maneiras, e regista o copyright do texto so para eles depois nao inventarem desculpas q era do processo, e como tal o texto e nosso. Se for bom e se eles quiserem utilizar terao de fazer alguma coisa.

Mas eu estou como a amiga la de cima, tb ja fiz testes em processos de recrutamento antes das entrevistas. Faz e logo se ve, se quiseres mandar me isso eu vejo na boa. beijinho