terça-feira, 22 de março de 2011

O rescaldo de Paris






Paris foi bom. Deu para matar saudades de 4 amigas bestiais. Para as habituais confidências. Para as habituais gargalhadas. Palhaçadas. Criancices. Passeatas. Comezainas. Roncos. Fotografias. Palermices. Choros. Alegrias e tristezas. E assim se alimenta uma amizade de 15 anos. Frases que ficam: "Ser pobre é isto", "deve ser por andar a fumar lá aquelas merdas", "foda-se", "os sapatos ficam à porta", "quem abriu o frigorífico?", and so on.


(Quero mais)


5 comentários:

diafeliz disse...

A sério que estava esse sol todo em Paris? Sortuda! E foste ver os pintores de rua como eu sugeri. Também temos disso por cá ,mas não sei porquê os de Paris encantam-me mais e se pudesse ficava por lá perdida sem rumo durante uns belos dias.

Juanna disse...

Epá... eu conheço-te, pronto.

Rita disse...

juana, entao? LOL

Andreia disse...

Oi. Tens um blog muito giro. Já me tornei seguidora;)

Juanna disse...

Já te vi, pronto. Conheço a tua cara não sei de onde.