segunda-feira, 28 de março de 2011

E pronto, virei "monhé"

Num supermercado "perto de mim" um velhote vira-se para mim e larga umas palavras num idioma (para mim) estranho*. Fiquei a olhar com cara de "o que é que estás a dizer?". O velhote vira-se para a mulher que está com ele e diz "não é a diana". Ela olha para mim e diz "não é a diana, pois não?". Eu cada vez mais à nora: "não, não sou a diana...". A mulher ri e diz: "não é diana. Estamos a querer saber se a menina é Indiana". Batata com cara de ovni "não, também não sou indiana...". (*o idioma era mesmo indiano) (velhote a rematar "tem mesmo os traços!")

6 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Se calhar cheiravas a caril...:-)

Juanna disse...

E tens, é verdade. E tens uma cor de pele linda.

Sopa disse...

he he he

joaotvalente disse...

Posso assegurar que não houve qualquer troca na Maternidade (Clínica de São Jorge de Arroios ...); eras mesmo tu ...

diafeliz disse...

E tu ias de SAHRI (ou lá como é?´`Se ias, já é mais fácil de entender.

Close up! disse...

Ah,ah!
Eu dava-me por contente!
Por norma,as indianas são bastante bonitas!