quarta-feira, 23 de março de 2011

Censos: Sem-abrigo recenseados em habitação de luxo - Portugal - DN

Censos: Sem-abrigo recenseados em habitação de luxo - Portugal - DN

(isto é a verdadeira palhaçada e como tal não contem comigo)

6 comentários:

Leonor disse...

Ficam registados como sem-abrigo, mas a burocracia obriga a que se atribua um local que é sempre o alojamento que fica mais perto. Mas na realidade são identificados como sem-abrigo, aliás a identificação está nos papéis que, provavelmente, terás em casa. E digo provavelmente, porque sei que há muita gente que os não recebeu ainda. De qualquer forma estás no teu direito de não responder, obviamente. :-)))

Rita disse...

faço parte da % daqueles q ainda n recebeu nada :)

Ana Reis disse...

Por acaso não está no direito de não responder porque são obrigatórios por lei...
Quanto aos sem-abrigo a morada é meramente indicativa por estatisticamente contam como sem abrigo....

Rita disse...

cara ana reis, é obrigatorio por lei. e s n preencher o q sucede? n m vai dizer q tenho de pagar uma multa... ou vai? tivessem estes censos o minimo de seriedade e encarassem os recibos verdes como uma realidade mt forte neste país 8em vez de tentarem encobrir a situaçao) e eu seria a 1ª a colaborar.

16 Março, 2011 - 08:58
INE não cobra coimas a cidadãos que não respondam aos Censos
A presidente da Instituto Nacional de Estatísticas (INE) afirmou que o organismo em questão não vai aplicar coimas aos cidadãos que não responderem aos inquéritos relativos ao Censos2011. Alda de Carvalho explica que apesar de a lei assim o obrigar, o INE precisa é da informação e não das receitas das coimas, revela a Lusa.

A lei do sistema estatístico nacional e a lei dos censos estipulam a obrigatoriedade de resposta ao INE, prevendo aplicação de coimas para quem não o fizer, no entanto, a presidente do organismo revela que o INE "nos inquéritos às famílias e às pessoas nunca aplicou coimas, nem vai aplicar".

Alda Carvalho frisou ainda que o instituto não está interessado nas receitas das coimas, o que "precisa é da informação e prefere contar com a colaboração da população na resposta aos seus inquéritos".

gralha disse...

Não compreendo por que é que não os registam, então, como morando debaixo da Ponte Vasco da Gama. É mesmo ali ao lado e sempre era mais realista. Palhaçada.

Leonor disse...

gralha,

registam-nos sim, mas tem de ser um edifício, o mais próximo.