terça-feira, 15 de março de 2011

Blá blá

Ando mais desaparecida, é um facto. Mas o pirata desde que levou as tais vacinas dos 15 meses (há 3 semanas!) que ainda não ficou bem a 100%. Ele foi a febre, depois o ranho, e a tosse, e a febre de novo. E a nossa ida para Évora numa de fim-de-semana à maneira e a nossa vinda logo muito cedo no dia seguinte a lá termos chegado porque o miúdo piorou bastante e a febre voltou e ninguém dormiu e tem sido assim. Ranho e mais ranho. Aspira ranho. Põe soro. Dá xyzal. Eleva a cabeceira. E tudo e tudo e tudo. Mas chateia-me porque parece que só venho aqui contar o mau e depois dizem-me "coitada de ti, eu cá não quero ter filhos". Mas maltinha que me lê, todos os pais passam por estas coisas. Todos têm dias de desespero. A cena é que a maioria não conta. E ser pai e ser mãe é lindo, maravilhoso, e tem coisas espectaculares e o pior é quando estão doentes porque são pequeninos e não se queixam. Só choram. E nós não somos adivinhos. E podia dizer-vos que vou até Paris na sexta, com umas amigas, passar o fim-de-semana, mas já nem gosto de falar porque pode atrair coisas más. E o puto pode piorar. E coiso e tal. Por isso "quedome" quietinha e depois venho cá. Ok?

5 comentários:

CAP CRÉUS disse...

Depois contas :-)
As melhoras do puto!

diafeliz disse...

Vai lá para Paris e passeia, passeia e vai ao sacré couer e come um daqueles crepes a escorrer chocolate e aprecia aquelas pinturas dos pintores de rua . Eu fico aqui com o pirata pequeno e se ele não me deixar dormir levo-o ao pai.
Vá toca a andar, e prepara roupa quente que morres lá de frio.

Juanna disse...

Ufff como me soa a situação. Queres ranho? Noites mal dormidas? Choros? Mais ranho? Litros de "Wet" e gotas de BioPental?

As melhoras, Pirata!

Helena Barreta disse...

É verdade que ser pai e mãe tem coisas menos boas, como as doenças, mas mesmo essas são compensadas pela alegria de os ver crescer fortes e felizes.

As melhoras dele e um óptimo fim-de-semana.

Beijinhos

efilipe disse...

Pais de Portugal! Exijam aulas de preparação para a maternidade! Tirar ranho ao puto é um drama cá em casa, ele torce-se todo tipo contorcionista!

Mas também há as coisinhas boas, os beijos cheios de baba... e assim...