terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

15 meses

Consulta dos 15 meses. 11,300kg, 78 cm. Percentil 50 para tudo. Nada de dentes. Gengivas muito grossas que podem justificar as más noites (yeh right...). 3 vacinas. Coração apertadinho. Muito choro. Menos 80 euros do último reforço da Prevenare. Cansaço acumulado. Desejar que não haja reacções às vacinas. Saber que o mais provável é haver. Desejar que esta noite durma bem. Saber que o mais provável é não dormir. Pensar "quem tem filhos tem cadilhos" mas que "quem filhos não tem, cadilhos tem". Não trocar este meu amor pequenino (e tão grande que ele é dentro do meu coração) por nada nesta vida. E desejar ir para casa abraçá-lo. E ao mesmo tempo desejar chegar a casa e ter apenas o sofá à minha espera para poder "passar pelas brasas" uma horinha, no silêncio profundo da nossa sala.

(isto da maternidade é um misto de contradições deliciosas)
(e o meu filho já diz mãe. Dantes era "mamãmamã" que agora usa apenas nos momentos de mimo. De resto, é utilizada a palavra como deve ser!)

2 comentários:

Juanna disse...

Onze quilos??? Buáááááá, a minha Laura é um subnutrida buááááá, a caminha dos 17 meses e duvido que chegue aos dez quilos buááááá.

Boa, miúda, o teu puto é saudável e aposto que feliz.

Mamã do Príncipe Pipoca disse...

Ser mãe é isso mesmo, concordo contigo nas contradições deliciosas! Ainda bem que estava tudo bem com ele e Parabéns pelos 15 meses!