domingo, 23 de janeiro de 2011

Duas ou três vezes? Mães deste país, "vós sois umas sortudas!"

Volta e meia ouço alguém dizer "ah esta noite foi horrível, o meu filho acordou duas ou três vezes, estou estoirada". Pois bem minha gente, vamos lá parar com isto! Aqui em casa, uma noite dita normal é precisamente quando o pirata não acorda/mia/dá de si umas duas ou três vezes. Ah, e quando estes despertares se resolvem com uma festinha e uma chucha. Isso é o que estamos habituados. E nos viramos um para o outro e comentamos radiantes "esta noite não foi má!". E depois uma noite má, que acontece pelo menos uma vez por semana, é quando o sacaninha dorme uma ou duas horas e depois resolve que dormir é para meninos. E fazemos piscinas ao quarto dele MUITAS vezes. E ele põe-se de pé e nós deitamo-lo. E o gajo entesa-se todo porque não quer. E mudamos fralda. E damos leite. E deixamos "miar" no limite do bom senso. E muitas vezes acabamos na sala. E ficamos horas nisto. E depois, uma noite inteirinha sem um som. Assim das 21h às 9h. Ou algo do estilo. Foram poucas. Muito poucas. Raras mesmo.

(sim, nós sabemos... somos ao contrário das outras famílias portuguesas!)
(outro filho? talvez daqui a uns seis anos, porque este ainda nos dá muito trabalhinho. E é tãoooo fofinho! Sim, que só tenho olhos para ele, mesmo sendo assim piratinha tal e qual a sua mãe!)

15 comentários:

Débora disse...

Sei bem o que isso é... a minha tem 10 meses e começo a suar só de imaginar que pode ser assim por mais uns anos :(

Juanna disse...

Daqui a 6 anos fazes como eu, tens outro filho e arrependes-te buééééé. Não de ter o filho, claro, mas de não o teres tido um bocadinho mais cedo. Eu explico: tive uma filha em 2002 e outra em 2009. A de 2009 cansa-me o triplo, desespera-me o triplo, é mimada em triplo, simplesmente porque ja não tenho um terço da força e paciência.

Anónimo disse...

Se alguém souber como resolver este tipo de situação que ponha aqui a receita por favor... já lá vão 20 meses e continuo a sofrer do mesmo.

scbmf disse...

e ver as horas a passar, saber que dali a pouco tenho que me "levantar" para ir trabalhar... é todo um stress! Muita força de vontade para não me irritar com ele quando dorme no meu colo e, assim que o deito na caminha, começa a chorar! Arghhhhh! Mãe sofre! Mas adoro-o! Claro! :)

Mamã do Príncipe Pipoca disse...

Pois é por isso mesmo que o meu continua na cama dele ao lado da minha...maratonas não é comigo. O meu adormece com o leite mas nos entretantos, acorda umas quantas vezes a choramingar, a fugir da cama, enfim. Noites do tipo 22h-6:30h, foram duas em 21 meses, pois e trabalho. Segundos filhos? só se ficar com amnésia ou se tiver um ataque de mãezice aguda. Não é fácil não senhor.

Rita disse...

estou por um triz de me mudar para o quarto dele. Só falta mesmo a cama...

GuessWho disse...

Falo por experiência própria: se querem outro filhote tratem já disso :) Daqui a "6 anos" voltar ao mesmo e mais velha...ná, é complicado acredita. Eu tenho uma de 9 e outra de 8 anos. E os primeiros dois anos as noites eram todas mas TODAS como acabas de escrever. Ora porque a mais velha já tinha os dentes a nascer ora que a mais nova tinha cólicas de recém nascida. Depois, bem depois começou a ser mais fácil e menos cansativo. Vai por mim. Felicidades e coragem pois há minutos que nos apetece desaparecer lol ;)

diafeliz disse...

Mas, O QUE ME FAZ CONFUSÃO É: Antes de terem crianças não era difícil deitarem-se(eu conheço imensa gente) às 4-5 h da madrugada e ir trabalhar ou para as aulas ou para a praia às 9-10h?
nota: não é propriamente uma crítica a alguém em especial. É apenas o que me vem sempre à cabeça.

Rita disse...

mas isso é diferente, era outra idade, outra genica, e eram actividades divertidas! passar a noite a pé a tentar perceber pq uma criança n dorme n tem mta piada... nenhuma mmo! ha mts casais q s separam À conta d n aguentarem essa pressao, isto a titulo de exemplo!

Débora disse...

É meeesmo muito diferente. Uma coisa é ires sair e ficares acordada até às 5 da manhã. Outra coisa é deitares-te às 23h30 e entre essa hora e as 4h da manhã levantares-te, sem exagero, umas 7 vezes. Foi o que me aconteceu esta noite e tem acontecido ultimamente. E não há coisa mais frustrante do que levantares-te, ela voltar a adormecer, voltares a deitar-te, estares quase a adormecer outra vez e ela voltar a chorar... over and over again.

Por exemplo, quando estou em casa com a minha filha e à tarde ela adormece, eu até fazia uma sestazinha (e o meu namorado pergunta-me muitas vezes porque n aproveito para descansar) MAS como nunca sei quanto tempo ela vai decidir dormir (podem ser 3h ou 20minutos) eu prefiro não dormir de todo a dormir 20 minutos e depois ficar mal disposta o resto do dia ou enervar-me com ela pq ela n quer dormir mais.

Como digo... é bem diferente.

diafeliz disse...

Pois é! Volto á célebre frase da minha avó: A partir do momento em que pões um filho no Mundo ,nunca mais tens descanso. Sobre as noites perdidas, para mim a falta de dormir é sempre muito cansativo, quer seja a acordar com o Bébé, quer seja por divertimento. Só é ainda pior do que tudo isso-uma noite de trabalho.A questão pode ser melhorada se conseguirmos,e podermos claro, adaptarmo-nos ao horário deles . Eu por experiência sei quão duro é ir trabalhar às 8h como zombi, adormecer no autocarro e até passar a paragem e de vez em quando ter de meter 3 dias de atestado porque me sentia a esgotar.Foram pelo menos 10 meses da 1ª . Da 2ª melhorou ou pq eu já não lhe transmitia ansiedade, não lhe ligava tanta importância, ou pq eram mm diferentes. desejo a TODOS, papás e mamãs que passe depressa o mau tempo.

Mamã do Príncipe Pipoca disse...

Olhem a mim custou-me sempre, aliás até acho que me custava mais. E também não havia borga todos os dias, e o meu filho por exemplo, dorme bem todos os dias!

scbmf disse...

E as consequências físicas do cansaço.... 6ª mastite! :(

Mamã do Príncipe Pipoca disse...

queria dizer "não" dorme bem todos os dias...É o efeito das noites sem dormir eh eh eh

Maffa disse...

O meu martinico dorme numa cama de casal. Um futton baixinho do IKEA, foi a maneira que encontrámos de ele dormir sem acordar 10 vezes durante a noite. Na cama de grades ele como se mexe muito estava sempre a bater com a cabeca, ou a enfiar os pés nas grades. Depois a cama de casal resulta que se ele acorda ou tem uma noite pior eu mudo-me para lá e assim sempre durmo um bocado mais do que estar a fazer piscinas entre o meu quarto e o dele.
beijos! boa sorte e muita paciência!!
maf