sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Bolor e afins

Alguém me explica porque raio insistem em passar o filme "Sózinho em Casa" nesta altura do ano?

(já passou de prazo há tantooooooooooo tempo...)

2011


quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Último jantar de 2010

Ontem fui jantar aqui. Eramos 6. Parecíamos 60. Fizemos a nossa troca de presentes habitual. Cheguei a casa com o guarda-roupa renovado e a agenda para 2011. Rimos como sempre. Contámos histórias. Gozámos umas com as outras.

(gosto tanto dos nossos jantares...)

Mães que lêem o meu blogue:

Muito obrigada. Hoje quando fui ver os comentários, nem queria acreditar. Vocês são as maiores. Não acho que seja de origem fungica (lagarto, lagarto, lagarto). Por agora melhorou. Se voltar à carga começo com as pomadas recomendadas, uma por uma, mezinha incluída.

(quem não tem filhos deve julgar que somos todas loucas, mas a cena é que não há nada mais aflitivo do que ver um puto a chorar de dores e isto dá-nos para sermos solidárias umas com as outras! cenas, vá!)

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Filhote pequenino

Relativamente ao rabinho assado do meu pirata, esta foi a segunda vez, assim mesmo à séria, que ele teve uma "crise" destas. Ontem era mesmo essa a razão dele não parar de chorar. Tudo tão vermelho e inflamado que até dava dó. De tal modo que estivemos umas 2h sentados no sofá, ele ao meu colo, nuzinho da cintura para baixo, apenas com umas fraldas de pano a proteger, para aquilo apanhar ar. E eu chicoteei-me psicológicamente por ter considerado que poderia ser uma birra (eles não falam...e nós não somos bruxas...).

(é que se a nós doi, nem consigo imaginar a eles. Este nem deixa tocar, grita, berra, esperneia, coitadinho. A meio da noite acordou de novo a queixar-se, mudei a fralda e até lhe pus um benuron para acalmar! no fim sentei-o ao meu colo na poltrona do quarto dele até ele adormecer! E agora já está melhor, mas ninguém merece!)

Publicidade a quanto obrigas

Já não aguento a música do anúncio do Pingo Doce. Ele é na rádio. Ele é na TV. Já sabemos que não há aumento de IVA (e eu sou o pai natal), mas podem pelo amor de deus parar de cantar?

(já para não falar no sorriso amarelo do Ricardo Pereira... haja pachorra!)

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Breath in, breath out...

Eu mereço um prémio. A sério que mereço. O meu filho chorou praticamente uma hora seguida, mas assim aos berros, depois de acordar... seria birra, ou o rabinho dele que está quase em sangue de tão assado, uma merda dessas qualquer. Não sei. Sei que mudei a fralda, não usei dodots para não arder, limpei com uma compressa embebida em água tépida, sequei bem encostando apenas uma fralda de pano seca, besuntei-o de olidermil, soprei e aguentei-o deitado enquanto o comprava com tarecos para ele brincar - e berrar ao mesmo tempo). Dar-lhe o jantar foi uma aventura e a maioria teria desistido sob o lema "não quer não come". Uma colherada, um berro, um choro, um stress. Nem com anúncios acalmou. Estava INSUPORTÁVEL. No fim eu dizia "toca a comer. acabou a conversa. chora à vontade. cospes comes na mesma. acabou-se a fita. caneco do puto)

(e no fim de tudo, está ali todo bem disposto. Fala com a tv. E eu aqui a espumar com os nervos com que ele me deixou)
(é isso mesmo, isto de ser mãe também traz birras e desatinos!)

Novas tecnologias

O pirata recebeu, entre outras coisas, um carrinho telecomandado. Foi o delírio vê-lo a correr atrás do carro e mais tarde descobrir as potencialidades do comando.

(mas mesmo engraçado foi constatar que cada vez que mudávamos os canais da TV ou mexíamos no volume, o carro andava!)
(obrigada à tia calipa!)

sábado, 25 de dezembro de 2010

Paz

Os sinos da basílica da estrela estão a tocar há uns largos minutos. E eu estou emocionada. Este som faz-me feliz. Enche-me a alma. Entra-nos pela casa e enche-nos de esperança.

(batatinho constipadinho, depois de ter dormido uma mísera hora durante o dia todo, goza agora o sono dos justos, depois de um fim de tarde e uma noite sempre a correr para todo o lado - isto de andar é magnífico e cansativo! eu e batato pai estamos enrolados em mantas e refastelados no sofá a desfrutar do nosso lar, da nossa paz e do nosso sossego).

Amanhã há mais.

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Não há necessidade

E pronto, começaram a chover sms de Natal que não faço a mínima ideia de quem são porque simplesmente não vêm assinados. Pior do que isso? Só mesmo aqueles sms que têm piadas, bonecos, textos enviados em massa para toda uma lista de contactos.

(ah, feliz natal a todos!)

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Treinos

Isto de tê-lo a andar é muito engraçado. Vai à Tv, vem ter comigo, pede mimo, volta à tv, volta a mim, vai brincar, vai para a entrada de casa, vai à cozinha. Vai fazendo sons de alegria. Está em treinos, portanto!

Cenas

Esta noite sonhei que trabalhava numa loja. E que toda eu era uma verdadeira nódoa a fazer embrulhos.

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Eu, batata, me confesso

As minhas amigas e manas Jordão viram a foto da árvore de Natal (da Lapa, como "carinhosamente" fui gozada pelos amigos do caras de cu) e disseram praticamente em uníssono:

"Batata, que coisa mais feia! Que coisa horrorosa!". Não consegui deixar de me "partir" às gargalhadas. E por isso mesmo, venho confessar-me:

esta árvore MARAVILHOSA (hiihhi) foi adquirida com muito amor e carinho (hhihiih) nos chineses da Lapa (mai nada!) tal e qual como estava na montra. Passei, olhei e pensei "caneco, o batatinho precisa de uma árvore". Como sou uma persona como muito pouca paciência (ai minha rica mãezinha que até ao musgo nos levava e nos fazia um presépio mega completo e lindo de morrer, e comprava o pinheiro maior que havia, verdadeiro que só ele, e enchia-o de bolas todas encarnadas e luzinhas lindas), diria mesmo que sou uma tipa sem jeito para estas merdas (infelizmente, vá...), olha não fui de modos, entrei na loja e disse "quero aquela árvore tal e qual como está".

(não é linda mas o meu batatinho ama! Ora tomem lá seus invejosos :)

O natal e coiso e tal

Sou completamente a favor do consumismo do natal. Querem o quê? Dá vontade de comprar e comprar e comprar, "isto é a cara dele", "a minha mãe vai amar isto", "xii, os meus irmãos vão-se passar quando lhes der isto", "o meu pai vai perguntar-me para que serve e eu vou chorar a rir". AMO as reacções. Amo ver os sorrisos estampados naqueles que me aquecem o coração.

Agora uma coisinha de nada: não tenho dinheiro. Não há xilim, carcanhol, guito, money, o que lhe quiserem chamar. E, como tal, não há presentes para ninguém. Tenho inveja de quem anda na confusão das compras. Este ano não faço parte da seita. Mas tenho pena. Juro que tenho.

(ainda tenho mais pena é que a onda de solidariedade só nos assole nesta época do ano. E atenção que me estou a incluir no pacote. Shame on me...)
(prometo que me vou esforçar por ajudar/apoiar as milhentas causas que andam por aí, durante o resto do ano!)

Hoje estou com mau feitio

Eu sei que o meu blogue não vale nadinha. Nem tem essa pretensão. Mas estou TÃO farta de ler posts alheios sobre tendências de moda e futilidades. Argh. Ai o cabelo! Ai as unhas! Ai o cú! Ai as calças!

(sim, sou uma besta!)
(vá, tudo a achincalhar-me)

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

O Natal chegou à Lapa

(ontem à noite berrou como se o estivessem a matar durante 20 minutos e lá adormeceu, provavelmente de cansaço, à 1 da matina)
(esta coisa de o deixar chorar deixa-me um bocado confusa... afinal de contas é ou não o procedimento certo?)
(na foto está a delirar com a árvore e de seguida arrancou-lhe duas bolas!)

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

São as fases, vá...

Há 3 dias seguidinhos que o pirata só se deita às 00h30. Quando achamos que conseguimos instalar a rotina, pumba, afinal quem manda cá em casa é mesmo ele. E depois acorda às 11h.

(e não faz birra, é mesmo o querer estar acordado, cum caneco...)
(ah, e quase nos 13 meses, não há um único dente!)
E cromos da Hello Kitty, alguém tem para a troca?

Pequenas (grandes) coisas

Fico doente quando perco um brinco, do nada....

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Aulas de piano

Tenho uma amiga que dá aulas de piano particulares.

Aceita todas as idades e gostava que o Manoel de Oliveira fosse seu aluno ;ppp. Face a essa impossibilidade, tem um jeito particular para pôr os miúdos - a partir dos 4 anos - a tocar, mesmos os mais resistentes e difíceis (até os que chegam lá a dizer que odeiam piano, ou queriam ser camionistas!).

Vejam se os vossos sobrinhos emprestados, verdadeiros, filhos, enteados, primos, pais, irmãos, cunhados têm interesse... whatever, a partir dos 4, vale tudo :)

Custos: 1/2 hora (recomendada a crianças entre os 4 e os 6, que nunca tenham tocado) 15€ por semana
1 hora (inclui formação musical e piano) 25€ por semana
Também aceita, porque é multifacetada, (estilo gift box) dar uma aula experimental - 1h30 - 30€

(e não é por ser minha amiga do peito mas não se vão arrepender!)
(enviem-me mail para ritatvalente@gmail.com se precisarem de + info...)

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Pudesse eu mais...

O meu anjinho deste natal chama-se Rute e tem 4 anos. Para ela já comprei um fato de treino e uma boneca. Obrigada ao Exército de Salvação por esta iniciativa. É bom poder ajudar :)