quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

O Natal chegou à Lapa

(ontem à noite berrou como se o estivessem a matar durante 20 minutos e lá adormeceu, provavelmente de cansaço, à 1 da matina)
(esta coisa de o deixar chorar deixa-me um bocado confusa... afinal de contas é ou não o procedimento certo?)
(na foto está a delirar com a árvore e de seguida arrancou-lhe duas bolas!)

12 comentários:

Juanna disse...

Eu tenho aqui um livro fabuloso... diz que sim, que há que deixá-los a berrar mas com limites. Ou seja, no primeiro dia ele berra 1 minuto (que nos parecem 10) e tu vais lá, NÃO lhe pegas, dás um beijo, um carinho e bazas. 3 minutos depois, regressas e a mesma cena. 5 minutos e voltas, 5 minutos e voltas, 5 minutos e voltas (espero que já esteja a dormir). O objectivo não é que ele durma, é que saiba que não o abandonaste, que estás lá. No segundo dia, os tempos de espera alargam-se um pouco: 3, 5, 7, 7, 7. No terceiro 5, 7, 9, 9, 9. No quarto, 7, 9, 11, 11, 11. No quinto 9, 11, 13, 13, 13. No sexto 11, 13, 15, 15, 15.

Parece uma crueldade, não é? Mas aqui em casa resultou super bem e a minha filha já não anda tão irritável nem chata, porque FINALMENTE descansa 10/11 horas seguidas.

Anita disse...

Olá:
Rita, boa sorte!
Juana, como é que se chama esse livro? é para aplicar a crianças a partir de que idade?

marafadias disse...

O Pirralhito deve ter achado o máximo!
Cuidado com a ficha das luzinhas!

Rita disse...

juanna, tbem tenho esse livro, do pediatra eduardo estivil. é mmo o livro do sono... eu é q m doi a alma deixa-lo chorar mais do q 5 mins:S

Juanna disse...

Chama-se "Duérmete niño" e é para aplicar em bebés pequenos, quanto mais pequenos melhor :)

É mesmo isso, Rita, é do Estivil. E dói a alma, os joelhos e a garganta, pois dói, é horroroso. Mas o sofrimento compensa quando eles começam a descansar como deve ser.

Eu acredito que se deve deixá-los chorar um bocadinho, há quem não concorde. Cada um faz o melhor que sabe :) É como a malta que me chateia para dar de mamar...eu NÃO gosto de dar de mamar, dei 2 meses e acabei com a coisa. Deixem-me em pazzzzzzzzz :)

Rita disse...

ah,mas atençaõ, eu deixo SEMPRE chorar uns minutos e sp dps vou la, deito-o (PQ ELE POE-SE D PE), digo q é p dormir e vou embora. e sp assim... ja papei td o q é livors do sono da alimentaçao etc etc etc. lol. o gajo anda uma ou duas semanas em q o deito e fica. e dps resolve fazer uns dias a dar luta. é mmo geniozinho lol

Juanna disse...

Bem, tens de me dar o teu número de telefone...cheira-me que o teu miúdo e a minha bruxinha se vão dar lindamente... um não quer dormir, a outra não quer comer, ambos têm um génio dos diabos lolol

Rita disse...

sabes q este gajo é de luas. esta noite dormiu das 23h às 11h, seguidinho, sem um miar, sem nadinha! o gajo luta para adormecer mas uma vez a dormir até não me posso queixar. há uns tempos o gajo teimava em estar acordado das 5 as 7 da matina tds os santos dias. isso sim, era d dar um tiro! cada um c a sua mania. apre!

Joao Manuel disse...

Tens de aprender com o "avô das barbas" como se adormece uma criança ...

Juanna disse...

Lindo menino lolol :)

Amanhecer em Paris disse...

Adoro o fascinio que os miúdos têm em destruir ávores de natal, tenho uma afilhada que não descansa enquanto a árvore ainda tiver enfeites ;)

Vera Dias António disse...

Nisto do sono ao 3.º filho ainda ando confusa. O meu 1.º era um stress, uma dependencia, um cansaço. Lá aplicámos a regra de o deixar chorar e resultou. O meu 2.º filho é uma pedra para dormir, pode estar sentado à mesa mas, desde o 1.º dia na maternidade, 3 anos depois o gajo tem sono e dorme, ponto final, uma limpeza, uma maravilha! O meu 3.º filho é mais como o 1.º. Se bem que eu acho que ele tem aquele minuto em que adormece bem, se deixarmos passar um bocadinho já lhe custa, sei lá, é um stress. estamos a aplicar novamente a regra do 1.º. chora aos bocadinhos e lá adormece - sim, provavelmente de cansaço.
Acontece que não estou segura deste procedimento pois o mais velho, quanto maior fica mais nos pede para dormirmos com ele, vem para a nossa cama praticamente todas as noites, então com as avós nem se fala, pois dão lhe conversa e até quando dorme a sesta elas têm que estar lá com ele na cama a adormecer. Tenho medo quee sta insegurança dele ao adormecer tenha a ver com o tal método. E se se sentem realmente sozinhos e isso os magoa? É um tema do caraças. Gostava era de ter a receita do meu do meio para todos mas acho que deve ter sido feito num dia bem santo, é que não dá trabalho nenhum!