segunda-feira, 12 de abril de 2010

C'est la vie


O dia de regresso ao trabalho está a chegar. E o coração está apertadinho, apertadinho...

6 comentários:

diafeliz disse...

Ainda sinto isso que tu começas a sentir e já foi há uns bons anos! É realmente preciso pôr o coraçâo ao largo como se costuma dizer e encontrar alguém que fique com ele que nos transmita confiança. Eu estou por aqui, sabes. Força mamãzona!

Patrícia Teodoro disse...

è de bradar aos céus regressar ao batente...vida de dondoca é que é. beijinhos

A mamã da Beatriz... disse...

Eu sofro por ansiedade... Ainda a Beatriz tinha um mês e já pensava que dali a 4 meses já estaria a regressar ao trabalho... Até me apetecia apertar o pescoço a quem me dizia: "Ah e tal ao fim de 2 meses já estás farta de estar em casa!"... WRONG!!!! Eu não fiquei em casa NUNCA! Saimos sempre!!! E ficou a minha filha com a minha mãe, pois se tivesse ido para o colégio, tinha de ir, mas ia-me custar assim um bocadinho "grande"...
Bjos

gralha disse...

É verdade, custa muito. Mas vais ver que depois sabe muito bem :)

(que pezinhos apetitosos)

Joao Manuel disse...

Quando vocês nasceram para se "ganhar" mais um dia aos 15 dias "de parto" ia-se "picar o ponto" no dia em que nasciam ... como os tempos são diferentes !!! Graças à U. Europeia ... E antes de 1974 não havia "népia" ... Portanto dêem "graças a Deus" por estarmos na U. Europeia, por termos tudo o que temos benefícios sociais incluídos

Niki disse...

Olá Rita!

Pois, é verdade, lá tomei coragem!
É para Setembro e é outra gaja, a Martinha (nome escolhido pela mana!)

Tenho lido as novidades do Pedro, está a chegar aquele dia que todas as mães temem não é verdade, o regresso ao trabalho... o tempo voa! Só de pensar que vou passar por isto outra vez até me arrepio!

Beijinhos