quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Sempre a "aviar"

Uma pessoa vai à farmácia na boa fé, aviar umas coisinhas para o seu filho, coisas poucas, uma máquina de aerosois, duas vacinas não compartipadas pelo estado (a da gastroentrite ainda é como o outro, não se morre disso, mas a da meningite é uma vergonha!!), umas gotinhas para o nariz. 240 euros. Toma e embrulha.

(até vi estrelas)

4 comentários:

Whitesoul disse...

ah pois.... a minha máquina de aerossois custo 125€ também, bom ao resto nem deito contas senão fico maluquinha, sim porque o meu ja vai fazer 14 meses.... podes imaginar né....

Anónimo disse...

Olá Rita, muitos parabéns pelo nascimento do teu filho. Sigo o teu blog há muitos anos e fiquei muito contente quando percebi que estavas grávida. Não estando relacionado com o assunto do post gostava que tu ou os teus leitores me respondessem a uma questão: quando é que souberam que era o momento certo para ter filhos? Eu quero ter filhos, mas passo a vida a adiar 'daqui a 1 ano', 'daqui a 2 penso nisso'. É um passo tão importante, é uma mudança tão grande que penso sempre que ainda não é a altura certa. Desculpa o desabafo.
Maria

Juanna disse...

A minha filha mais nova nasceu na CUF Expo e quando tinha 2 semanas veio (viemos) para casa, em Madrid. Imagina a minha cara quando a fui vacinar e percebi que não se paga nenhuma dessas vacinas, nenhuma! É que também já tinha largado 200 e muitos euros, há 7 anos, com a minha filha mais velha (estavamos ainda a viver em Lisboa). Xixa..

Caçula disse...

'umas coisinhas para o MEU filho' é tão estranho ouvir isso da tua boca (ou ler isso vindo dos teus dedos)... A minha irmã mais parecida comigo, quase da minha idade tem um filho... wow... acho que nunca me vou habituar..

Mas amo-te na mesma, a ti e ao TEU filho... (estás a ver? É tão estranhooooo!!)