sexta-feira, 31 de julho de 2009

Cenas que não interessam para nada

Ontem a assistir a uma das novelas da TVI - Deixa que te leve - estava a ver uma cena em que entra o Vitor Norte vestido para a caça. O homem faz parte de uma família humilde que não abona muito em termos de dinheiro. Olhei olhei e de repente reparei que o chapéu que ele usava para a caça dizia em letras grandes "Coronel Tapiocca".

Faz algum sentido?

terça-feira, 28 de julho de 2009

A acordar logo de manhã

8 da manhã. Café à porta de casa. Mãe no alto dos seus 200 kgs (faz assim 3 de cada uma que lê isto, mais coisa menos coisa) grita para filha minúscula, no alto dos seus 3 anos: "olha só a merda que fizeste, foda-se!!".

(batata esbugalha os olhos, pede o que quer e sai de fininho...)

sexta-feira, 24 de julho de 2009

Inté Segunda

Vou com o batato e amigas até ao Algarve. Vou dormir. E piscinar. E tagarelar. E preguiçar.

Volto já no Domingo. Pouco, mas muitoooo bom.

Inté :)

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Mc Donalds

Ontem fui ao cinema ao final do dia com uma amiga. O batato foi ao jogo do Benfica com um amigo. Estreia da nova época. jolas, happy hour, e... ver o SLB perder... (ainda bem que não fui). Mas voltando ao início: saímos do cinema e resolvemos comer qualquer coisa rápida no Mc Donalds. Estamos na caixa à espera de sermos atendidas e inevitavelmente vamos observando o que se passa na cozinha. Demos por nós a observar uma das empregada que, sem luvas, ora mexia no pão dos hamburgueres, ora limpava a bancada, ora abria sacos de plástico com salada, ora embalava os hamburgueres. Aquilo estava a deixar-me a modos que perturbada. Quando paguei, perguntei ao rapaz de camisa branca (deve ser o gerente daquele restaurante) se seria normal a situação. Resposta dele: "sim, aqui não usamos luvas. temos que obrigatoriamente lavar as mãos a cada 30 minutos com um produto especial, apenas e somente".

Minha resposta: "ja pensaram o que as mãos podem fazer em 30 minutos? indo ao extremo: tirar macacos do nariz, coçar os tomates, arrancar borbulhas, tirar porcaria dos dentes, coçar os olhos..... chega?"

(ainda assim, aquela merda sabe-me sempre bem... vá-se lá saber!)

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Bruno sempre a ajudar o próximo, lol

Sempre a facturar

O que é que pode suceder numa sexta-feira ao final do dia, quando estamos radiantes pela chegada do fim de semana? Só coisas boas, não é?

(isso se não chegarem ao local onde tinham o vosso carro estacionado e o mesmo não estar lá. e darem voltas à cabeça com "mas afinal onde é que deixei o carro? terá sido noutro lugar?". Não. era ali mesmo. ligar para o parque da polícia municipal. "está cá sim senhor. confere. estamos abertos 24h por dia". grrr. vamos mas é beber uma imperial à beira rio. o carro dali não foge. depois apanhamos o bolide. 90 euros que é para abrir a pestana. vingança. amoreiras jantar e cinema. chulos!!!!!!!

Praia ao Domingo?

Batatos, ritinha e lezita. 13h30. Piscina aqui vamos nós. "ah e tal, praia ao domingo é que não!". Chegamos à quinta e somos informados que só podem entrar 3 pessoas por carro. É regra de fim de semana. (não é pago. é para trabalhadores de uma instituição de prestígio em Portugal). Ainda tentamos convencer o porteiro a deixar-nos entrar na quinta. Bad luck. Passo seguinte? "não vamos para casa...". Praia grande. Vamos arriscar. Cheio de carros, como seria de esperar. Pelo menos estava mais fresquinho. Encontrado o spot, vamos molhar o pezinho. brrrr. gelada!! De volta às toalhas. De repente, do nada, decidem animar a praia. Aulas de ioga e body pump. Barulheira "de meia-noite". Socorro! E de repente o calor aperta. E os nadadores salvadores passam o tempo a apitar a mandar recuar. A salvação foi o chuveiro que havia por perto. Em vez de banho de mar era banho de chuveiro. Do mal o menos. A pérola foi mesmo quando uma personagem do sexo feminino, na casa dos 40, com um fio dental minusculo, a fazer toplaise, e com um escaldão de se pensar "aquela hoje não consegue dormir", se lembra de, após umas quantas cervejas, dar o belo do espectáculo. Acompanhada de um rapaz na casa dos 20, provavelmente engatado na noite, ela dança feita louca na areia, sob os olhares mais curiosos e ao som da estridente música. Ele, contente da vida, tira-lhe fotos. Ela faz poses, dança, salta e tira o fio dental. Foi o delírio. A praia grande não era decididamente a praia grande. Espeta o rabo. Abana as mamas. Ri feita treslocada. Vem o nadador salvador chamar a atenção. Ela não quer nem saber. Veste o fio dental. Corre para a água e perdida de bebeda, rejubila. O nadador salvador corre para perto dela. Não vá a alminha afogar-se. Ela sai da água. Vai ter com o amigo. Pega noutra cerveja. E afasta-se pelo areal.

(para a próxima vamos só três à piscina) (valeu-nos sábado na comporta com muitos banhos e petiscos)

Noites mal dormidas

- "aquele" calor voltou
- o batato, à 1h40 da manhã levanta-se possuído. Todo picado pela(s) melgas. Um torcicolo que o impede de ter posição para dormir. Impaciência. Barafustar. Matar "a" melga
- a batata que dormia profundamente, acordou como seria de esperar
- tentativa do casal em adormecer novamente. Batata vai ao wc. batata bebe água. batata procura fresquinho da cama
- a vizinha lembra-se de iniciar maratona sexual. grita como se lhe estivessem a fazer mal. casal de batatos respira fundo
- o pensamento prende-se com as poucas horas que faltam para nos levantarmos

(e depois não me lembro de mais nada... graças a Deus...)

quarta-feira, 15 de julho de 2009

É só bebés na minha vida

Esta semana fui conhecer a pequena Maria, que nasceu no dia 4 de Julho. Pesa 2,500 e parece um ratinho. Coisa mais fofa.

Hoje vou conhecer o Miguel.

Ontem fui visitar a minha sobrinha M. que está linda de morrer. Farta-se de rir. É um mimo.

terça-feira, 14 de julho de 2009

Voz da consciência

Eu escrevo e apago posts. O batato é o grande responsável. A minha consciência. O bocado que me falta de bom senso. E eu fico irritada à séria e a matutar que refilo e refilo e acabo sempre a seguir os seus conselhos. E por isso é que de vez em quando vocês lêem posts que depois acabam por desaparecer. As minhas desculpas. Ou melhor, a minha precipitação pede desculpas. O bom senso do batato agradece a compreensão.

(vou ali roer-me mais um bocadinho)

Para o meu primo JP

E O PRIMO FEZ ANOS DIA 10 DE JULHO, E A PRIMA É UMA DESNATURADA, E SIM O PRIMO TAMBÉM FAZ PARTE DA SUA LISTA DE CARANGUEJOS:)

(AI PRIMO, O QUE EU GOSTO DA TUA GARGALHADA)

terça-feira, 7 de julho de 2009

Caranguejos da minha vida

Toda a vida tive uma espécie de "aversão" aos caranguejos. Por serem demasiado sensíveis. Bonzinhos. Patós. LOL. Eu sei que isto dos signos é tudo menos linear. Quanto à credibilidade, acredito q.b. e sou uma curiosa. Mas este post é mesmo para falar dos caranguejos que conheço, todos tão diferentes entre si :)

Fiz um balanço e apercebi-me que são muitos os caranguejos da minha vida.

Joana gordinha
Lezita
Batato
Xon
Pai batato
Coisinha Loira
Jojo
Susaninha
Paula
Milfontes

(e quase de certeza que me esqueci de alguém...)
(estou chocada...)

Yann Tiersen

Ontem foi tempo de concerto no CCB. Vim desiludida, porque de facto gosto mesmo da música dele, e ontem, no meu primeiro concerto dele, aquilo foi um verdadeiro espectáculo de rockalhada e barulho. Fui com os Leonardos helder e ines, e sei de fonte segura que nos espectáculos anteriores a que eles foram, também em Lisboa, a coisa foi MUITO melhor. Do mal o menos. Vou acreditar que é uma fase pior. LOL.

(acima de tudo, deu para matar saudades dos meus leonardos do coração... gosto de vocês daqui até à lua, com volta incluída)

quinta-feira, 2 de julho de 2009

É impressão minha

Ou o rapaz que entra no mais recente anúncio do el corte inglés (um assim loirinho, com uma boca gigante) é muito parecido com o josé castelo branco?

quarta-feira, 1 de julho de 2009

'Mestre Dami' garantia que "desfazia" feitiços contra vítimas ou familiares

"Além de vendedor de automóveis de profissão, "mestre Dami" dizia ser parapsicólogo e quebrar feitiços lançados sobre as vítimas. (...) A denúncia partiu de Sandra, residente em Valongo, e que conheceu Diamantino, "mestre Dami", através de um amigo depois de lhe aparecer um sapo morto à porta de casa. Depois de várias peripécias, Sandra foi levada ao cemitério de Agramonte, no Porto, onde o "mestre" desenterrou uma caixa onde estava uma folha com uma praga e respectivo contra-feitiço. Para a desfazer, Sandra teria de colocar 210 mil euros - que só obteve através de vários empréstimos bancários - dentro de uma caixa. Esta, depois de selada, seria colocado debaixo da cama de cada uma das vítimas da praga durante sete noites, no total de 21 noites. Quando se reuniu com Diamantino para fechar a caixa, o "mestre" ordenou que fechasse os olhos e rezasse. Terá sido então que trocou a caixa por outra igual. Após a primeira noite, incentivada pelo namorado, Sandra abriu o cofre e no interior, em vez do dinheiro descobriu um coelho morto já em decomposição. O "bruxo" terá alegado que tinham sido os "maus espíritos" a "comer" o dinheiro por Sandra ter quebrado o contra-feitiço". in DN

(ora aí está... há gente muito burrinha, graças a Deus... pena da vítima? nadinha!!! ajoelhou vai ter de rezar! BURRA!!!)

É hoje

A Ana Garcia Martins, Pipoca mais Doce para os cibernautas e detentores de blogues, lança hoje o seu 1.º livro.

Local e hora: El Corte Inglés, 19h, sapataria Zilian.

Be there!

Não gosto

- De ouvir os The Gift no genérico de umas novelas da TVI. Vendem-se por pouco. Afinal são iguais aos outros.

- De ouvir os The Gift a cantar Amália. Não passa de um assassinato à versão original. Reduzam-se à sua insignificância.

- De todos os santos dias ter de ouvir falar do Michael Jackson. Morreu. Foi uma grande estrela pop, mas nos anos 80/90. Depois disso foi sempre a descer. O senhor já não jogava com o baralho todo. E estava rodeado de escândalos com criancinhas e afins. Morreu como todos vamos morrer. Já chega! Que descanse em paz!