sábado, 28 de março de 2009

A semana voou!

3 dias de trabalho no Porto, muita correria, algum receio que o evento não corresse bem, jantar no "Terra", na Foz, compras em Santa Catarina (uma gaja apanha-se fora de Lisboa e parece que começa a ficar com comichões se não vai ver lojas), ida à Blanco, duas noites no Hotel Dom Henrique, acordar às 6 da manhã, deitar às 2, tempo para lanchar no Majestic, andar completamente morta de cansaço, muito calor, rever as amigas tripeiras que não se via há 2 anos e dois meses (andreia, só tu para saberes isso com essa exactidão), Porto-Tomar-Porto. Hotel dos Templários. Correria. O evento correu bem. Podemos respirar de alívio. Regressar a Lisboa. Deixar o Porto para trás, com pena. Chegar a casa às 16h30. Podre de cansaço. Aterrar no sofá. Ver mails. Dormir até às 20h. Sair a correr. A C nasceu às 20h30. Ver o mais recente membro da família batata. Estar com o mano. Com o baguito, que no alto dos seus 4 anos se portou como um verdadeiro homenzinho face ao nascimento da mana. Jantar em família. Voltar ao hospital. Dali, ir para casa. Aterrar na cama. E dormir. Porque não se aguenta mais. E o corpo pede descanso.

: )

segunda-feira, 23 de março de 2009

E de repente já é segunda...

Sexta: Trabalhar o dia todo... jantar. "Marley e Eu"

Sábado: praia. sol. calor. esplanada. jantar em casa de um amigo. sair.

Domingo: à margem. almoço. passeio a pé junto ao tejo. cinema. "noivas em guerra". feira Fil Mulher. Jantar em casa de uma amiga.

(pai, desculpa não ter ido almoçar...)

domingo, 22 de março de 2009

Está bonito está...

Jovem, tens mais de 30 anos, estás solteiro, gostas de sair à noite e procuras desesperadamente sair da discoteca acompanhado?

O Twins tem tudo o que necessitas!

- Fulano pisa fulana. A fulana diz-lhe "pisou-me". O fulano responde "peço-lhe imensa desculpa". A fulana responde com o seu ar mais bardajão "vai ter de me compensar".

- Duas fulanas passam a noite toda a dançar coladas ao fulano. Sem tirar nem pôr. O fulano está com a namorada. No final, o fulano vai-se embora. Não sem antes ouvir "é pena é teres namorada".

(sempre gostei destas abordagens adultas! Sempre!)

quinta-feira, 19 de março de 2009

Anedota

Um galo descobre a infidelidade da galinha e fica furioso! Começa a
partir o galinheiro todo incluindo os ovos!
Só que lá no meio havia um 1 ovo de barro...
O galo completamente fora de si grita para a galinha: aaaahhhh minha
grande put@! Nem o galo de Barcelos te escapou!

quarta-feira, 18 de março de 2009

Que nojo!

Desde quando é que ser portadora do Papilomavírus Humano (HPV) é viver de perto com o cancro do colo do útero? Especialmente quando nem 30 anos se tem...

A atrasada mental da Rita Pereira diz à VIP que por estar bem informada sobre isto conseguiu salvar 5 amigas.

Epá, oh senhora, se as tuas queridas amigas visitassem o médico com frequência não necessitariam que as salvasses! O HPV, quando diagnosticado precocemente, tem um tratamento rápido, indolor e sem stresses.

E não é que a capa da VIP diz "Rita Pereira já se confrontou com o cancro" (ou algo parecido). Haja pachorra. Esta gente não sabe do que fala... falem com pessoas que realmente sofrem desta doença fatal e depois deixem-se de merdas.

(será que é muito dificil de perceberem que se forem com regularidade ao ginecologista, todas as mulheres, seja de que idade for, podem evitar esta problemática?)
(bem, no ver da Rita Pereira já devo ter salvo umas quantas ao escrever isto...)

terça-feira, 17 de março de 2009

Ossos do ofício

Ontem a tarde foi passada ali para os lados do Marquês de Pombal. Num dos grandes grupos de comunicação social. Um dos que fez uma rasia de despedimentos, que até doeu. Sim, esse mesmo!

Ora, foi-se acompanhar a produção de uma "capa falsa" para um dos jornais diários mais conhecidos do país (mas nem por isso o que vende mais...), em nome de um cliente nosso. Área de publicidade. Paginação.

Passou-se a tarde toda a ouvir os "velhas guardas" (os outros devem ter ido com o bôda...) a gritar "oh zé, tenho aqui mais um morto para a edição de amanhã". E a observar o tratamento de imagem dos ditos mortos, porque há que lhes tirar as imperfeições, que estão mortos mas merecem o devido respeito! Olhar para um print onde está uma foto a preto e branco de um rapaz novo, do século passado, e palavras da tia a referir o 37.º aniversário do falecimento do seu sobrinho, o dito rapaz. Comento com o paginador que a cena é um pouco mórbida, ao que recebo como resposta "essa senhora todos os anos faz o mesmo".

Eu estava ali através de um cliente de saúde, note-se, mas apanhei com os "mortos" e com as emendas aos respectivos textos. E todos se riam de mim, que estava a modos que espantada com a frivolidade com que tratavam o assunto. Afinal é o trabalho deles desde sempre.

É como o ginecologista que num dia vêm dezenas de vaginas e mamas e afins, e nós achamos sempre que o dito vai reparar na unha mal cortada, nos pelos mal aparados, e tudo e tudo e tudo.

Enfim...

sexta-feira, 13 de março de 2009

Escapes

Uma simples ida à missa pode ser uma forma de encontrarmos alguma paz.
Um simples passeio à beira rio pode ajudar a descomprimir do stress diário.

Foi isto que se fez ontem, depois do trabalho. Apenas porque se estava a precisar.

quarta-feira, 11 de março de 2009

Job for a day

Antontem foi o primeiro dia da nova secretária (a nossa anitas vai-se embora, sniff). Ontem a mesma já não apareceu.

m-e-d-o (diga-se de passagem que até apostas se fizeram... vamos todos arder no inferno!)

Amores

A pequena M faz hoje 3 mesitos. Parece que foi ontem que estivemos horas a fio no Hospital Particular à espera de novidades do nascimento da batata mirim (como lhe chama a sinhó laró). E está gira que se farta. Mesmo. Coisas boas da tia :)

(a C. está quase quase quase cá fora. Mais umas duas semanas e está feito). Oh felicidade :)

sexta-feira, 6 de março de 2009

Batata polaroid mode




(thanks abox :)

Fuck

Depois de dois dias doente, a dormir mal e porcamente , eis que hoje em vez de ser sexta, ainda estamos na quinta-feira. Amanhã trabalha-se o dia todo.

terça-feira, 3 de março de 2009

Cenas

Qual é a probabilidade de no balneário do ginásio que frequentamos estarem dois pares de botas iguaizinhos, lado a lado?

(aconteceu-me hoje e, quando peguei numa bota, a dona do outro par disse "essa é minha, porque esta que tenho na mão está muito usada". Por acaso até nem era dela, mas pelo amor de deus, está tudo bebedo ou quê????? FOR GOD SAKE!! e a seguir já dizia "esta tem as pontas muito brancas". não ouvi o resto, calcei as minhas e pus-me a andar...)

Preguiça...

Tenho tanto, mas tanto, mas tanto sono, que preciso de escrever um artigo de opinião e não consigo começar...

Tenho uma aula de yoga (dinâmica) e só penso "vou eu sair de lá estoirada". Uma de pilates é que era, sempre é mais light...

(até para escrever o post estou com preguiça...)

Anyone?

Alguém já alguma vez colocou o seu currículo num táxi?????????? (nas costas do banco, bem de frente para quem vai no banco de trás)

(só para perceber se estou louca ou se é algo banal e eu nunca tinha reparado)

domingo, 1 de março de 2009

Tudo, mas mesmo tudo

Ontem a batata almoçou com os manos, mãe, cunhadas e sobrinhos. Em tempos conturbados, os sobrinhos conseguem sempre aquecer-nos a alma. Um abraço. Um sorriso. São mais do que suficientes para se ganhar alguma força. O cucabaguito está cada vez mais reguila, mas continua meiguinho e sociável, no alto dos seus 4 anos. A MC já sorri. É fofinha que só ela. E o meu coração foi conquistado no primeiro dia em que a vi, minúscula e de olhinho aberto. A C. está cá fora num mês, e está tudo ansioso por ver as suas mãozinhas e olhinhos. Confesso que gostava de um dia ser corajosa para ter um. Para conseguir gerar um pequeno bebé batato. Porque dizem que isso sim é o amor incondicional. E dizem que a vida deixa de ser vista com tantos problemas. E que o nosso bebé passa a ser o centro da nossa vida. Provavelmente não estou preparada, ainda. Provavelmente, ando numa fase mais negativa. Mas vou-me aquecendo com o cuca e com a MC e com a C que está a chegar. E espero estar sempre perto deles, acompanhar o seu crescimento e conseguir ensinar-lhes qualquer coisa de que eles se lembrem um dia mais tarde.

(e na sexta a batata também foi ao aniversário jojo, com as amigas católicas. e ontem a batata também lanchou com a sua amiga Xon. E jantou com as amigas leonarda inês e calipa, e o bom disto tudo, no meio da nuvem negra que anda por aí, é que temos amigos e família para cuidarem de nós)
(e depois de tanta coisa que já se passou - basta ler o blog de fio a pavio - há a certeza de que tudo, mas mesmo tudo, passa nesta vida)