sábado, 20 de junho de 2009

Calor q.b., cadé?

Há coisa de uma semana que ando oficialmente a destilar. Eu, que sou a fã número 1 da praia e do sol e do mar e do calor. Não gosto destas temperaturas estapafurdias. Não consigo respirar. O ar não passa. Não durmo bem. É ver-me com o spray da avène água termal, para refrescar. É ver-me a dizer "eu até vou à praia, mas nem pensar que vou as 11 da manhã, não aguento a hora de mais calor...". É ver-me a beber água a toda a hora e a desesperar por um ar condicionado (que dantes eu dizia fazer-me mal...). Ou eu já não sou a mesma ou então este calor não é de todo normal. Mantenho as persianas todas corridas, ao longo do dia, e durmo com tudo escancarado, para apanhar as raras brisas que possam eventualmente passar. Porque é que não podemos ter sempre, durante o dia, uns 26 graus, e à noite, o fresquinho de que necessitamos para dormir ferrados?

Não é justo, não é!

1 comentário:

Gomezzz disse...

Ali para os lados de Sintra até de edredon dormi as duas ultimas noites...