terça-feira, 28 de abril de 2009

Clube de virgens

Acabo de me deparar com um blogue que é o primeiro clube de virgens, em Portugal. Após leitura atenta, deparo-me com conversas como “ah, pensava que era a única no mundo ainda virgem”, “ah, eu sou rapaz e também sou virgem, se quiserem contactem-me”, “ah, tenho 30 anos e continuo à procura do príncipe”.

 

De facto, não é vergonha NENHUMA ser-se virgem. Mas, tenho para mim, que um blogue destes é um tanto ao quanto ridículo. O clube tem regulamento, tem concursos de misses virgens e por aí fora.

 

E já agora, como se tem a certeza que determinada fulana é mesmo virgem? Fazem como antigamente? Verificação in loco? Até cartão de associadas elas têm. E a foto é o quê? A cara ou a prova da virgindade?

 

(eu devo ser mesmo esquisita, mas estas merdas transcendem-me)

12 comentários:

Anónimo disse...

concordo contigo mas pa cada um sabe de si acho que querem é protagonismo LOL

Goncalo Pinto disse...

LOL
Realmente, nao e vergonha nenhuma ser virgem, ate pelo contrario, uma prova de amor e respeito proprio, mas e realmente ridiculo a criacao de um clube de virgens.

abox disse...

oh pah.. eu ainda não consigo comentar!!! LOLLLLLLLLL

ps - beijinhos!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Mas ainda existem virgens de 26 anos?????? onde ??? acho muito bem que queiram conservar sua pureza , alias é um sinal de inteligencia , eu diria , mas dai tarem a fazer clubes é um bocadinho demais , o que elas fazem nesse clube? tricot? jogam as cartas? sim pq filmes malandrecos nao podem ver senão la se vai o ideal do clube a vida ...

Anónimo disse...

OPAAAAAA DEIXEM DE FRESCURA! o que vocês querem é fama!
A virginidade é algo puro, algo intímo para a Mulher/Homem... não sei o que pretendem com estes blogues..

Cristina

Rita disse...

cristina, todos temos direito a opinião!!! tu é q tens d te deixar de "frescura", irra!!!!!!!! E NINGUEM DISSE Q A VIRGINDADE N É ALGO PURO E INTIMO!!! (mas s fosse assim tao intimo n s criavam clubes!!!)

Anónimo disse...

Eu sou gajo tenho 25 anos e tambem sou virgem. E nao é porque quera. Se fosse por minha vontade andava prái a pinar a torto e a direito. Simplesmente nunca surgiu opurtunidade a menos que fosse a pagar e isso nao quero. Ah, e nunca tive namorada nem nunca dei um beijo na boca sequer.

Anónimo disse...

Olá! Tenho 26anos e saí do dito clube só no ano passado. É verdade que hoje em dia a virginidade após os 20 faz nos sentir fora da normalidade e é o que sentia. Sentia-me diferente, "incompetente" na busca da pessoa certa. Até que encontrei alguém paciente, carinhoso, atencioso, romantico e tudo mais que uma virgem possa sonhar. Aconteceu com toda a naturalidade. Foi o primeiro em tudo inclusive o beijo... E agora penso que todo o sentimnto negativo foi em vão, a primeira tem que ser a valer e não só por ser, ou para se tornar igual ou agradar os outros. Não me arrependo de nada! Foi especial, único.
Entendo o que o pessoal quer dizer quendo fala em tentar aparecer, etc., mas também também entendo que devem fazer sentir-se muito melhor muita boa gente por aí que esconde a sua "siferença" e pensa que é ultimo especime em extinção!

semstressnaboa disse...

É cada ave rara...
Vou fundar um clube dos desflorados!
Querem fazer parte?

Ana disse...

É por existirem pessoas como vocês que o mundo não avança!

De facto a ideia de se dar a conhecer ao mundo pode ser mal interpretada, mas o fórum e um óptimo meio das pessoas conversarem com pessoas com anseios idênticos..

a questão e que os "infiltrados" vao inspeccionar as conversas sem vergonha nenhuma...

nina disse...

ola
em meu entender ser ou nao virgem diz respeito a cada um, todos têm direito de fazer ou nao sexo...mas a questao nao e essa....acho que ser virgem...pah k«cada um e k sabe..mas valer s d uma coisa k dizem ser e fazer um blog,criar um grupo s de "virgens" para mim e uma forma de protagonismo..se sao virgens ok sejam no..nao tenho nada contra isso, mas acho que isto e um exagero, todos sabem k existem pessoas virgens nao e necessario meia duzia d supostas virgens nos virem "informar" de tal coisa....cuidem s mase

Maria disse...

Eu fui virgem aaté aos 29 anos! Fui criada no interior do país, com outro tipo de educaçao e cultura... Vim para o Porto aos 22 anos e nada sabia da vida, pouco tempo depois acontece uma tentativa de violaçao, que me deixou algo traumatizada, e que me levou ao isolamento. Longe de casa e da pouca familia que me resta, decidi viver uma vida fechada e nem sequer contei o sucedido a ninguem. Trabalhava como empregada doméstica interna e só saìa ao domingo à tarde, pelo que nao conhecia pessoas, nem fazia amizades. Aos 25 anos decidi voltar a estudar e deixei esse emprego... Trabalhar de segunda a domingo das 8h às 17h e estudar das 19h às 24h também nao me deixava tempo sequer para pensar em relaçoes... Uma vida difícil: ter de sobreviver sozinha, despesas, encargos... Aos 28 anos acabei o curso e conheci um homem, pelo qual me apaixonei, mas não fui correspondida, pois ele apenas procurava contacto sexual e até era comprometido. Afastei-me... Um ano depois conheci um homem lindo, separado, pretendia contituir novamente familia e dizia-se muito apaixonado por mim. Passou a fazer parte da minha vida em Tudo! Passou a ser a luz dos meus olhos! A minha primeira vez foi uma desilusao, pois a passoa com quem me deitei nem parecia a mesma que tinha estado ao meu lado durante os meses anteriores... Mas ele pediu desculpa, disse que não soube lidar com a situação e eu continuei com ele. Ele só falava de quando fossemos morar juntos... Fazia mais planos do que eu nesse sentido. Dizia que eu era a milher dos seus sonhos, que eu era linda e doce e que nunca havia conhecido mulher como eu... Ele tinha muitos problemas, de saúde, familiares, etc e eu estava sempre ao lado dele, incondicionalmente. Estava embriagada de amor por ele! No passado ano novo, ele veio ter comigo e passamos as 12 badaladas juntos; nesse momento ele abraçou-me e disse repetidas vezes que me amava. Mas eu fiquei doente... Ele levou-me ao hospital, ficou lá comigo, depois ainda passou o dia seguinte comigo e depois foi à vida dele e nunca mais deu notícias... Desapareceu da minha vida sem qualquer explicaçao e ainda hoje não consigo entender o porquê... Há dias tentei-lhe ligar, ele não atendeu, depois pedi-lhe que me explicasse o que se tinha passado, e le respondeu friamente, por SMS, que não sentia nada por mim e o que o seu único interesse na minha pessoa era puramente sexual.........