quarta-feira, 9 de julho de 2008

"Sou refugiado político"

Assim que o juiz do Tribunal de Westminster, Londres, perguntou ontem à tarde a Vale e Azevedo se tinha alguma objecção ao mandado de detenção europeu, o antigo presidente do Benfica apontou três. Além de ter dito ao magistrado que a burla a Dantas da Cunha está amnistiada e que não lhe fizeram o cúmulo jurídico das várias penas, o CM sabe que o ex-
-assessor do primeiro-ministro Pinto Balsemão, no início da década de 80, justificou a perseguição da Justiça portuguesa com "motivos políticos" in CM

(e depois querem que esta merda de país ande para a frente!)

1 comentário:

Minie disse...

Eu acho que ele é mais um refugiado jurídico.... aproveitando a designação

Bjs