segunda-feira, 3 de março de 2008

Fim de semana em Barcelona

Sair do trabalho às 19h, rumar a casa, arrumar as últimas coisas. Chegar a leonarda inês. Resolvermos jantar antes de ir, porque iamos chegar tarde (ideia da inês, óbvio). O pai batata deu-nos boleia para o aeroporto. Até aqui, tudo normal. Mas como toda a viagem que se preze, há sempre uma (ou duas...) histórias para contar. Embarcar et... voilá! O avião tem um furo. Senhores passageiros, demora apenas 20 minutos. 1h 40 depois, ou seja, às 22h40, eis que levantamos voo. Ena ena. Foda-se, depois da uma da matina já não há autocarros para a cidade. A sorte foi que no mesmíssimo avião ia a amiga Daniela Urbano e a amiga Marta. Gaja que é gaja é inteligente e lá partilhámos o táxi.

Ok, viagem feita, hotel it is. Chegamos, a reserva estava feita, ia ser "canja". "ah e tal, os quartos estão sem luz, se não se importarem vamos transferi-las, sem quaisquer custos adicionais, para um 4 estrelas, no centro da cidade". Leonarda olha para batata. Batata olha para leonarda. Só não damos gritinhos de alegria porque somos crescidas e civilizadas.

Ultrapassados estes "percalços" maravilha, temos o sábado por nossa conta. Eis que resolvemos comprar bilhete para o bus turístico. Olarilas. O dia todo (ou quase todo) de rabinho tremido. Sol na tola. Perceber como Barcelona dá tantos ares a Lisboa. O mar. O rio. O movimento. A luz. O clima.

Vimos aquilo que toda a gente que vai a Barça visita, mais coisa menos coisa (ficou prometida uma ida só para o museu picasso e para o miró). Sagrada Família, las ramblas, bairro gótico, parque guel, Plaça de Catalunya, Montjuic, la pedrera, etc etc...

Por la noche, encontrámo-nos com o tigre pedro e os seus amigo, e fomos todos cenar. Restaurante Persa, it is. Um bom bocado à espera e valeu MUITO a pena. Tudo no seu melhor. Risada de meia-noite (já passava, e bem, dessa hora...).

Pelo meio, umas compras como brincos, aneis, camisolas e sapatos, ou não fossemos nós gajas!

E o saldo só podia ser POSITIVO :0 )

(recuso-me a contar o episódio à vinda em que a leonarda, que trazia um xarope encomendado por uma amiga, se viu obrigada a fazer o check-in e a despachar a mala. do seu stress. e da correria. e tudo e tudo e tudo. e de mais uns encontros relâmpago no aeroporto. e a vida é bela e amarela)

FRASE QUE FICOU PARA A HISTÓRIA:

um homem mascarado de samurai disse à batata "eres una chica muy movida!"
OLÉ!

4 comentários:

Petchuguinha disse...

Ai Batata, Batata...fazes lembrar a je com uns anos a menos, mas com mais energia. Eres una chica muy movida! Bjocas

elder disse...

BCN FOREVER...Barcelona é fantastica, e fica sempre as "ganas de volver"...besos guapa...

Inesa disse...

Para a próxima vou contigo visitar os museus. Já vi que as farmácias não têm interesse!

Zé Mitra disse...

Definitavamente uma grande cidade, eu ja por la andei e amei....