sexta-feira, 31 de agosto de 2007

Chiu!!!


A batata é perita em "meter água". Hoje, num almoço de despedida de um colega, tudo em conversa normal, como é habitual, o dito colega pergunta à batata se está contente com o trabalho. A batata, educada que é, responde e pergunta "e tu? já te mudaste para casa da tua namorada?" (isto porque num outro almoço o colega contou que estava a vender a casa dele para ir morar com a namorada com quem estava há 5 anos). Nisto, ouve-se a resposta "não. ela acabou comigo entretanto."


Percebem o que é ter sentido de oportunidade?


É como dizer a um amigo: "porra, és mesmo parecido com a tua sobrinha" e obter a resposta "miuda, o meu irmão é adoptado, por isso eu e ela nunca poderiamos ser parecidos".


Ou ainda:


Encontrar o pai de uma antiga amiga, perguntar "então como tem passado? e os filhos estão bons? e a sua mulher?" e levar com a resposta "ah, a minha mulher morreu no mês passado".


(é por estas e por outras que devia era estar sempre caladinha. xiça!)

Rita é tão bonitinho... : )

"Sou médico e, em todos esses anos atendendo em meu consultório, pude perceber como o brasileiro é um povo criativo, e resolve fazer arte até na hora de batizar seus filhos. Apresento a vocês, uma coletânea feita com colegas meus de profissão, principalmente os pediatras, dos nomes mais bizarros e engraçados vistos em consultórios, maternidades e afins. Afinal, todo mundo tem que passar pelo médico um dia.Vamos brincar de dar nomes bizarros para nossos filhos! Afinal, eles não podem reclamar mesmo.

- Valdisnei: Um clássico. Homenagem ao grande Walt Disney.
- Usnavi: Filho de um fanático por navios americanos, que apresentam a inscrição U.S. NAVY.
- Xerox (pai), Fotocópia (filha mais velha) e Autenticada (filha mais nova)
- Caso famoso em Recife: - Maiquel Edy Marfy: Seria Michael + Eddie Murphy?
- Maycom Géquiçom: Sem comentários
- Urinoldo Alequissandro: O médico que atendia este garoto o encaminhou para outro colega. Não conseguia parar de rir ao associar o garoto com um urinol.
- Kevinson Junior: O nome do pai era Rafael
- Caralhecilda: Ninguém chamava a paciente gritando. Por que será?
- Jean Claude Van Dame da Silva: Um magrinho raquítico
- Boniclaide: Bonnie and Clyde
- Erripóter: A mãe não se chamava J.K Rowling
- Kalifornia Drim dos Santos e Roliude dos Santos: Irmãos provindos de uma comunidade hippie
- Darkson Stick Nick da Silva: Venceu um concurso promovido pelos médicos
O pior nome! - Harlei David Son: Born to be wild!
- Laion, Pantro e Xitara: Geração Thundercats
- Uilikit e Uiliket: Gêmeos também da geração acima
- Letisgo: Outro clássico. Let´s go, em versão tupiniquim. Duro era gritar o nome para chamar para a consulta.
- Railander da Silva: Esse sofreu um corte, para sua sorte, não foi a sua cabeça que foi cortada.
- Heman Eduardo: A pronúncia é He-man! Pelos poderes de Grayskull!!Acreditem ou não, sua irmã se chamava She-Ra.
- Bruno: Filho mais velho. Até aí nada, o problema foi quando o mais novo nasceu, e foi batizado de...Marrone.
- Pir: Pronúncia PI-ERRE.
- Ellen Geoáite: Homenagem a uma escritora americana chamada Ellen G. White.
- Darzã: O pai era fanho e o cara do cartório não entendeu quando ele disse Tarzan.
- Romixinaide: Homenagem a Romy Schneider
- Shaite: Nosso velejador Robert Scheidt também merece homenagem
- Madeinusa: Exótico? Apenas a expressão MADE IN USA, junta.
- Mikarraquinem: Criança que adorava correr do banho.
- Free William da Silva: Free Willy legendado.
- Michelângelo: Seria uma homenagem bonita ao pintor renascentista? Nada, era a tartaruga ninja mesmo.
- Leidi Dai: Nem precisa tecla SAP
- João Lenão: Beatle tupiniquim
- Magaiver: Esse com certeza tinha uma mãe que tomava pílula e um pai vasectomizado que estava usando camisinha no dia. E mesmo assim nasceu.
- Orange, Blue e Yellow: Família arco-íris>
- Justdoit: Nike fazendo a cabeça do povão
- Aga Esterna: Essa era uma jóia! Literalmente.
- Jedai: Que a força esteja com você.
- Inri: Isso mesmo. Jesus de Nazaré Rei dos Judeus.
- Ulton: Ao chamar a criança, o médico foi corrigido pela mãe: U-Eli-Ton. Tem que pronunciar o L
- Istiveonder da Silva: Ao contrário do cantor, esse enxergava bem.
- Uiliam Bone: Futuro apresentador do Jornal Nacional>
- Hyrum: Pronuncia "Airon". Questionado, o pai disse que era homenagem ao Iron Maiden.
- Frankstein Junior: O pai se chamava João da Silva. Como será que posso fazer pra demonstrar minha paixão pelo esporte e minha estupidez simultaneamente?
- Kung Fu José e Kung Fu João: Gêmeos.
- Myqueimausi: Deve ser filho do Valdisnei
- Miquetiçon: Segundo a mãe, pronuncia-se... Mike Tyson
- Patrick Itambé da Silva - Homenagem ao ex-piloto francês de F1 Patrick Tambay
- Dois irmãos: Villejack Jeans e Cachemire Bouquet... Eita propaganda
- Hotidogson: Nem o cachorro quente escapa da homenagem
- Brucili Benedito da Silva: Mais um homenageado, Bruce Lee
- Abias Corpus da Silva: Esse nunca iria preso. Brasil, país da criatividade!"

quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Closed

Hoje estou oficialmente de rastos. Passei uma manhã de trabalho completamente desgastante. Chegada a hora do almoço e eu já me sentia como se do final do dia se tratasse, em termos de cansaço. Faltam 5 minutos para sair e estou desde as 17h30 a olhar para um tema de capa sem conseguir desenvolver mais. Tipo burro a olhar para um palácio. Tudo por causa de uma puta de uma manhã que me lixou o esquema todo.

Fechei a loja, por hoje.

quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Adivinha o quanto gosto de Ti! (mãe, pai, manos, baguito, amigas e amigos)

(obrigada xuzinha por me relembrares uma história e me fazeres arrepiar...)

"Era hora de ir para a cama, e o Coelhinho agarrou-se firme nas longas orelhas do Coelho Pai. Depois de ter certeza de que o Pai coelho estava a ouvir, o coelhinho disse:
-adivinha o quanto eu gosto de ti?
-Ah, acho que isso eu não consigo adivinhar! respondeu o coelho pai.
-Tudo isto! disse o coelhinho, esticando os braços o mais que podia.
Só que o coelho pai tinha os braços mais compridos, e disse: e eu gosto de ti tudo isto!
-Humm, isso é um bocado! pensou o coelhinho.Eu gosto de ti toda a minha a altura! disse o coelhinho.
-E eu toda a minha altura! disse o coelho pai.
- Isso é muito alto, pensou o coelhinho. Eu queria ter uns braços assim compridos. Então o coelhinho teve uma boa ideia. Ele virou-se de cabeça para baixo apoiando as patinhas na árvore, e gritou: eu gosto de ti até aos meus pés pai!
-E eu até às pontas dos dedos dos teus pés! disse o coelho pai.
-Eu toda a altura do meu pulo, riu o coelhinho saltando de um lado para outro.
-E eu gosto de ti toda a altura do meu pulo, riu também o coelho pai, e saltou tão alto que as suas orelhas tocaram nos galhos da árvore.
Isso é que é saltar! pensou o coelhinho.Mas, naquela altura o coelhinho já estava sonolento demais para continuar a pensar.Então ele olhou para as copas das árvores, para a imensa escuridão da noite e concluiu:
"nada pode ser maior que o céu!"
-Eu gosto de ti até à Lua! disse ele, e fechou os olhos.
-Isso é longe, disse o pai coelho.
O coelho pai deitou o coelhinho na sua caminha de folhas, inclinou-se e deu-lhe um beijo de boa noite.Depois, deitou-se ao lado do filho, e sussurrou sorrindo:

- eu gosto de ti até à Lua... com ida e volta."

terça-feira, 28 de agosto de 2007

domingo, 26 de agosto de 2007

2 dias - Albufeira, portimão e sagres

Este fim-de-semana, mesmo com todos os agoiros de chuva, resolvi rumar (outra vez) aos algarves. Depois de uma noite de tempestade, de sexta para sábado, e de estar um tempo de m"$%& quando acordámos, peguei na loira e disse "aqui não fico.vamos ter com a calipa a portimão". Esta 1ª foto é a nossa calipa sentadita na marina, con nosotras : )
Aqui está a loira, que primeiro torceu o nariz "deve estar um trânsito infernal, quando chove pega tudo nos carros, bla bla", e depois lá ficou feliz por tudo ter corrido bem!

A batata aliviada por ter saído de casa (cheguei ao ponto de pensar "se é para ficar aqui enfiada a ver chover lá fora, prefiro trabalhar". Estou louca, portanto)


Em Portimão, a batata diz "epá, bora até sagres passear!!!!". O sorriso foi geral. À entrada da fortaleza, como se pagava e a batata e as amigas são fonas, limitámo-nos a tirar a foto "da praxe". Ei-la.



Entretanto o tempo abriu e a felicidade foi geral. Realmente a chuva é mesmo uma MERDA em pleno Agosto...

A nossa loira tem medo (mas medo MEDO) de alturas. Daí a foto dela ser virada para o lado oposto ao do mar. "Eu só vou até aqui" (loira dixit)


Esta foto foi depois do "oh batata não vás para aí, ainda cais..."

A chegada a uma das praias de Sagres. Um sol resplandescente. Uma euforia. Queriamos era pisar a areia. Meter os pés na água. Olhar o céu.


Os pés da batata numa poça de água

A sombra das 3 da vida airada : )

A loira, que tinha levado ténis e meias ("estava mau tempo!!!") teve uma trabalheira...


Só faltou MESMO o biquini... (ok, e a inesita leonarda!!!)


Sagres também meteu palhaçadas


Cenas...

E mais cenas...


E isto já foi hoje, domingo. Acordámos debaixo de um sol lindo, tive de obrigar a loira a ir a correr para a praia comigo, antes que o sol se escondesse. E às 13h e pouco já lá estávamos. Idas à água a cada 5 minutos e mesmo à sombra estava complicado de estar quieta. Um dia de praia ESPECTACULAR!!!

Praia pequenina para que os meus pezinhos estejam a escassos metros da água!!!


Às 18h e pouco rumámos a casa para ir buscar as coisas e ala que se faz tarde. Lisboa é o destino, que a vida não pára e amanhã já se trabalha outra vez. Esta foi tirada durante a viagem, num momento em que eu gritei para a loira "abre a janela toda, por favor". Ela teve "medo" de mim e pimbas, este foi o resultado.
(*valeu MESMO a pena este fim-de-semana)

sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Aviso à navegação

A batata tem o tlm meio afanicado. A batata não atende chamadas, mas não é de propósito. A batata está a tratar do assunto e promete ser breve.

ESTAMOS ENTENDIDOS?

Vou ali passar o fim-de-semana ao algarve e volto num pulinho (que é como quem diz, no Domingo).

quinta-feira, 23 de agosto de 2007

Ontem, no siesta... houve festa!

A Salgaduxa fez anos e não escapou a uma serenata (estava envergonhada que só ela, hahah)
A sinhó pensou, pensou e lá decidiu o que jantar (não sei é a que horas, porque a batata saiu antes...)
Um sempre com afrontamentos e quebras de tensão (não fosse a batata...) e o outro chega atrasado e ainda exige lugar perto da namorada (que par de jarras senhores : P)
As 3 da vida airada. A batata tem na cabeça, nada maia nada menos, que o guardanapo lá do sítio. FAZIA PANDAN TÁ???
A sorte é que a batata não está virada para namoros senão teria dado romance :P
Pronto, aqui a batata alucinou...
Olha que belo casal. Zé mitra, já sentes os piolhos?
A minha sósia diz que teve um fim-de-semana de arromba. E o que eu me ri com as histórias dela!!!!!
Coisas mais lindas da minha vida : 0 )
O Zé Mitra e a xuzinha mais linda que andou no carro bourdeaux : 0 )
Que risada senhores!!
*tinha saudades, não posso negar. Dei-vos a conhecer a rua das q*****. Ri-me que nem uma perdida. Descontraí. Imaginei o paxio a apanhar a carreira. Imaginei o zé mitra sem bolas (oh senhores....). Imaginei a sósia Valente dentro do seu carro todo tapado com jornais e pareos, para conseguir dormir (deves ter dormido uma coisa esperta!!).
Gosto de vocês, pronto!

quarta-feira, 22 de agosto de 2007

Conclusões do que ainda rola

E a vida é mesmo um dia de cada vez. E a pressa é mesmo inimiga da perfeição. E todos os dias surge algo de novo, bom ou mau. E se num dia rimos que nem perdidos, no outro já precisamos do colo daqueles que nos são mais queridos. E há dias em que desesperamos e apetece desistir. E depois um simples avanço, que parece insignificante, torna a nossa vida a melhor do mundo. E a moral existe para quem não vive. E errar é humano. E julgar o próximo é meio caminho andado para cairmos nós próprios em erros semelhantes.

E a vida é mesmo isto. Dolorosa. Surpreendente. Assustadora. Um dia de cada vez. Todos os dias tenho acordado a pensar nisso. E na frase "vai correr bem", "sou a maior". A palavra "não" foi abolida de certos e determinados contextos.

E prometo que vou ter menos pressa. Que vou viver mais devagar. Para pregar menos sustos a mim e aos que me rodeiam.

(já agora, quem é que inventou a puta da ansiedade???)

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

domingo, 19 de agosto de 2007