quarta-feira, 11 de julho de 2007

Filhos de uma grande égua

A batata é pessoa séria e como tal a batata entrega anualmente a sua declaração de IRS. Este ano não foi excepção e lá foi a batatinha fazer a coisa, via internet (modernices!). Tudo muito bem, até aqui. Na hora de submeter a declaração, o acesso foi-lhe negado "não pode submeter a sua declaração porque o seu regime é da 2ªfase". A batata estranhou. A batata pensou. E a batata concluiu que realmente passou um recibo logo no inicio do ano. "ok, submeto isto quando começar a segunda fase".

Assim foi, iniciada a segunda fase, a batata lá enviou aquilo e ficou descansadinha, afinal já havia cumprido o seu dever.

Os dias passaram, e eis que a séria batata se lembra de ir consultar a situação da sua liquidação do IRS, ao site das Finanças. E aí é que parou tudo. "Declaração entregue fora de prazo, coima de 25 euros, liquidação depois de 30 de setembro".

Mas será possível que todos os santos anos os atrasados mentais das finanças resolvam lixar a batata? Será? E logo desta vez que ela foi tão certinha. Tão dentro da lei. Tão diferente dela própria?

Não vale mesmo a pena ser honesta. Filhos de uma grande égua. (já reclamei, já enviei mails a mandar vir e até agora nada. QUE NOJO)

4 comentários:

Alf disse...

Ai a menina também se lamenta do IRS?

Eu, ao menos, da coima não reclamo.

Entreguei o mais fora do prazo que era possível...

Little Jordan disse...

Vais pagar que até apitas! E agora é aquela altura em que te agradecemos por pagares os impostos, assim como agradecemos ao João (do anúncio) por pedir as facturas: obrigada, batata!

tavguinu disse...

Bebe uns copos que isso passa !

Já sabes da festa de bar aberto ?

The Lost Bum disse...

tens que pagar, para podermos continuar a usufruir dos nossos maravilhosos hospitais e auto estradas perfeitinhas!