quinta-feira, 29 de março de 2007

"Paixão pelas pessoas erradas é tema de colóquio em Lisboa"

(...)
É sobre a escolha menos certa de caras-metade que se vai falar, na próxima sexta-feira, em Lisboa, no Teatro A Barraca, numa conferência organizada pela Associação Lavoisier, que pretende lançar alguma luz sobre a questão: porque é que nos apaixonamos pelas pessoas erradas?
(...)


(amanhã à noite)

9 comentários:

Maria disse...

Ora aí está uma questão que eu gostava imenso de ver respondida.

Mas... será que há mesmo resposta???

Ou será que somos nós que temos pontaria certeira para falhar???

Dudu disse...

Por acaso não sei se há pessoas erradas.
No meu ponto de vista errado são as alturas em que conhecemos determinadas pessoas.

Gomezzz disse...

EA vida é simples, nós é que fazemos o favor de a tornar complicada...

lovely disse...

Concordo com tudo o que foi dito anteriormente. Só tenho um pedido a fazer: se eles descobrirem a cura, é favor avisar, ok?

peter42y disse...

Estou também curioso com a explicação que será dada.
Para mim porém , parece simples a razão pela qual nos apaixonamos pela pessoa errada.
imaginemos uma mulher e dois homens.
Um deles é um fulano giro, licenciado, um pão.
O outro é um fulano que trabalha na telepizza.
Por quem é que ela se vai apaixonar ? É lógico que ela se apaixona pelo bonzão licenciado.
Esse porém é o homem errado porque já outra se apaixonou por ele e portanto ele já foi pescado.
Apaixonamo-nos pela pessoa errada porque nos apaixonamos pelos bonzões ( ou boazonas) e esses já foram pescados por outros ( Ou outras).
Nós apaixonamo-nos plas pessoas certas.
O problema é que outro ( outra ) chegou primeiro e assim sendo aquele por quem nos apaixonamos é a pessoa errada.

• Jorge • disse...

Estou na primeira fila. Guardo lugar para ti?LOL

Anónimo disse...

Concordo com o Dudu, é preciso ter sorte no momento quando encontramos uma deternimada pessoa. Quando estamos mais carentes é preciso ter cuidado com as ilusões. A paixão não é para entender, tambem não se escolhe e quem manda é o coração.

CriticóComentador disse...

As pessoas erradas basicamente estão em todo lado e a toda a hora, portanto encontrar muitas pessoas erradas é apenas a lei das probabilidades a funcionar...ehehehe

Ana disse...

Xii..pelo que já vi nalguns blogs sobre este colóquio vai haver excursão ao Teatro da Barraca!

Anokas