quarta-feira, 28 de março de 2007

Maldamores

"Mal de amores raro se perde, é como as nódoas de amora, só com outra amora verde, a nódoa se vai embora"

5 comentários:

Niki disse...

as coisas que ela descobre!! atão a nódoa de amora sai com outra verde? já podias ter dito!

e nódoas de alcatrão, sabes? tenho umas nos joelhos....

Maria disse...

E, às vezes, nem assim sai... Mas é bom que determinadas "nódoas" não se apaguem com o que quer que seja, porque servem para ajudar-nos a não voltar a cometer, pelo menos, os mesmo erros...

Maria disse...

E, às vezes, nem assim sai... Mas é bom que determinadas "nódoas" não se apaguem com o que quer que seja, porque servem para ajudar-nos a não voltar a cometer, pelo menos, os mesmo erros...

Buttafly disse...

Eu queria meio kilito de amoras dessas, ó menina! Fáxavor!

;-)

CriticóComentador disse...

Cillit Bang??? ou qualquer produto corrosivo da gama da Coca Cola...Se nada funcionar nas nódoas, experimenta um ácido industrial dos seguintes: Sulfurico, nitrico, cloridrico... Boa sorte!