segunda-feira, 19 de março de 2007

Dia do pai

Fui almoçar com o pai e os manos. Não foi bem um almoço, porque estava tão cheia de trabalho que pedi ao gémeo para me encomendar um bitoque, enquanto eu ia a caminho com o pai, que me foi buscar. Chego, já mega stressada (depois de ouvir a chefe dizer "olha que temos de fechar isto Às 4 da tarde". #$%&&). O pai vai estacionar e eu entro no restaurante. Só está lá um dos manos. Sento-me, chega o bitoque, engulo aquilo em 5 minutos. O pai entra, eu levanto-me, peço 5 euros ao meu pater familias, para apanhar um táxi, e saio a voar.

(por isto, pai peço-te desculpa, mas não conseguia mesmo ficar com o peso de consciência... Gosto muito de ti bichinho, tu sabes : ))

Uma palavra à minha mãe, que teve sempre papel de mãe e pai, dois em um. Foste sempre a maior. Uma mulher de fibra. Parabéns neste dia que também é teu : )

Outra palavra para os meus dois avós, que já não tenho e que foram tão importantes e de quem tenho tantas saudades.

E chega.

Sem comentários: