terça-feira, 30 de janeiro de 2007

: (

Em tempo de gestão de crise, porque três pessoas se despedem ao mesmo tempo, o stress predomina e veio para ficar. Passar o dia em reuniões ou coisas que tais e ter a passagem de pastas importantes, está a dar-me cabo dos nervos. Eu sempre soube que a vida não era fácil, mas hoje a dor de cabeça está a dar comigo em louca. Áté bebi um café, coisa inédita na minha pessoa. O que fazer quando se criam laços com as pessoas e depois chega o dia da despedida? Porque tem de acontecer-me sempre isto??? : (

9 comentários:

rita disse...

porque raio tudo isto me soa familiar??

estou na posição de quem vai embora daqui a uns dias, muito poucos mesmo, e já estou cheia de saudades dos meus colegas.

em 10 anos de vida profissional de gente crescida, é a primeira vez q isto me acontece.

é um nó no estômago, que não se desfaz nem por nada, são as lágrimas quase a cair e passar os dias caladinha (eu calada... imaginas né?). fechada numa tristeza que só eu.

rita disse...

porque raio tudo isto me soa familiar??

estou na posição de quem vai embora daqui a uns dias, muito poucos mesmo, e já estou cheia de saudades dos meus colegas.

em 10 anos de vida profissional de gente crescida, é a primeira vez q isto me acontece.

é um nó no estômago, que não se desfaz nem por nada, são as lágrimas quase a cair e passar os dias caladinha (eu calada... imaginas né?). fechada numa tristeza que só eu.

Niki disse...

porque assim é a vida... tudo tem sempre um fim, dizem que é para ter outro (re)começo...

Beijos

Niki disse...

porque assim é a vida... tudo tem sempre um fim, dizem que é para ter outro (re)começo...

Beijos

Orlando Nascimento disse...

Pois, é a lógica da "produtividade" (palavrão bonito para "exploração"...). Infelizmente, para além dos aspectos profissionais, há sempre laços pessoais/sentimentais que sofrem com isso.

Orlando Nascimento disse...

Pois, é a lógica da "produtividade" (palavrão bonito para "exploração"...). Infelizmente, para além do aspecto profissional, há sempre laços pessoais/sentimentais que vão sofrer com isso.

Carina disse...

Deixar o emprego não significa deixar os amigos que lá se cultivaram...
Mente aberta para novos horizontes!!

Aisling disse...

São os desencontros... Custa sempre, a mim custou-me imenso deixar alguns colegas de trabalho. Mas deixaram de ser colegas e ficaram amigos. Até hoje ainda bebo cafés com alguns deles e combinamos jantares de ex-equipas! ;)
Anima-te!

andorinha sinhá disse...

Como eu te percebo. Bem-vinda ao meu mundo! Solução: tira 5 minutos de x em qdo para respirares fundo e ganhares coragem para começar tudo de novo!