terça-feira, 16 de janeiro de 2007

Avó Zé

Hoje a minha avó Zé faria anos. Não sei ao certo quantos. Penso que terá nascido em 1920. Mas isso não é importante. Lembro-me sempre, para não esquecer. Assim como há coisas que faço questão de esquecer, para não lembrar. É a vida.

8 comentários:

Anónimo disse...

Ai não que não vou :)

Jordan disse...

Como te percebo... Há datas que são eternas, n é??

Bjuuuuuuuuuu GIGANTE!

Maríita disse...

O meu avô nasceu a 2 de Abril de 1903, todos os anos nesse dia tenho um momento que é só para ele. Relembro algo que fizemos juntos ou alguma coisa que me ensinou. Sabe bem!

Beijinhos

Belita disse...

Sabes que a minha avó Inácia, a mais querida de todos os netos também fazia anos, não hoje, mas ontem. Ela morreu em 2003 e todos sentimos muita saudade dela... mas acho que ela agora está melhor, ao lado do meu avô, eles morreram com oito meses de diferença. Acho que ela queria mesmo ir para o pé dele o mais rápido possível... acredito, que esteja feliz... onde quer que esteja!

Anónimo disse...

As pessoas que realmente amamos, nunca morrem... ficam vivas eternamente nos nossos corações e sentimos sempre a presença deles...

Anónimo disse...

Nem a morte nem a distância nos separa verdadeiramente das pessoas que mais amamos. Ainda tenho imensas saudades do meu avô materno que me ensinou tanta coisa...

Anónimo disse...

Olá, batatinha

Uma pequena correcção: a tua avó Zé nasceu em 1917.

Rita disse...

anonimo, quem es tu? so podes ser: o meu pai, a minha mae, um dos manos ou uma tia!!!!!!!!!! CHIBA-TE ; ) beijos e GRACIAS MIL!