terça-feira, 31 de outubro de 2006

Digam de vossa justiça

E afinal, um homem consegue fingir um orgasmo ou não?

(mais um interessante tema de debate aqui na redacção, após a leitura de uma notícia numa revista feminina)

Recordaçoes

Tenho aqui uma colega a dizer, há meia hora, que tem fome, que deve ser o jet lag de menos uma hora que está a fazer efeitos e que para ela já são 13h23 e não 12h23. E com isto a conversa flui para os tempos de infância em que passávamos o tempo a chatear os pais "mãe, tenho fome", "mãe, falta muito?", em que nas viagens jogávamos às curvas com os irmãos, no banco de trás, ou às matriculas, ou diziamos adeus aos carros que passavam por nós. A cada cinco minuto queriamos saber se faltava muito para chegarmos ao Algarve, quando ainda estavamos em alcacer.. E quando havia polícia, obrigávamos os pais a fazer sinais de luzes aos carros que passavam em sentido oposto, mesmo que ja estivessemos a 30 kms do local onde estava a brigada de trânsito. Eramos muita chatinhos... Tudo para vê-los agradecer : )

Não vos acontecia?

Os bilhetes ja ca cantam




(sou mesmo da velha guarda, olarilas : )))

Carta de apresentaçao recebida na redacçao

Ah e tal "onde laborei durante 5 anos"... (laborar é bonito...)

Ah e tal "Acima de tudo, acredito na Comunicação enquanto um dos mais essenciais fundamentos da Natureza Humana. E é nesta nobre actividade, onde aprendemos um pouco de tudo, convivemos com as gentes que fazem de cada dia, um dia diferente, tornando-nos parte das suas histórias, de todas as histórias que vamos contando, que pretendo prosseguir a minha evolução, pessoal e profissional".

Como diz uma das minhas colegas: "está explicado porque não arranja emprego...". Ou, como dizia a minha chefe: "epá, não me reencaminhem isso, sff".

(não querendo ser má língua, lol, tanta filosofia nunca poderia dar bom resultado!! Irra!)

segunda-feira, 30 de outubro de 2006

Que gaffe...

A minha chefe esqueceu-se que na Quarta é feriado. Deve ser mesmo a única deste pais... quem no seu perfeito juizo se esquece de tal coisa? Podemos esquecer-nos do telemóvel em casa, das chaves, dos óculos, da carteira, do aniversario de alguém menos importante, mas nunca de um feriado!! Feriado é sagrado, caramba! Quanto mais não seja porque não fazemos "um cú", deitamos tarde na véspera, acordamos tarde no dia, e damos graças a Deus (ou a quem quiserem, vá...) por existirem dias cujos significados nem sabemos muito bem quais são... (já agora 1 de Novembro e o quê mesmo, para além do raio do halloween nas américas???)

Conversa via mail, com o meu amigo Andre

(a propósito de um mail que ele me enviou onde se dizia que o único defeito das mulheres é procurarem o homem ideal)


Rita: Será que não existe o homem ideal??

André: "Cada vez mais me apercebo que simplesmente existem pessoas, com as suas virtudes e não-virtudes. O grau de virtuosidade faz com que elas se aproximem dos nossos desejos, ideais e vontades. O mais curioso disto tudo, é que depois do bem-amado ser 'agarrado', passamos o tempo todo a moldá-lo a nós. Deixa de ter o encanto com que nos seduziu, e as pequenas coisas que nos chamaram a atenção e despertaram o nosso interesse nele(a), começam a ser grandes dores de cabeça. É engraçado isto tudo...Porém, acredito no Destino, e com esse não há ideal forte o suficiente para o vencer ;)"

(Ainda ontem outro meu amigo me dizia "tens a fasquia muito elevada em relação aos homens")

Será??

domingo, 29 de outubro de 2006

Dilemas

Há momentos na vida em que percebemos que somos, de certa forma, antiquadas... Se já sou mulher para enviar sms's a um rapaz a quem acho piada, ou para convidar para café / jantar / sair, continuo a mesma de sempre no que toca a tomar a iniciativa. Pois é, minha gente, para aqueles que pensavam que sou capaz de roubar um beijo a alguém, de animo leve, desenganem-se. Aqui a Rita Batata Frita (ou vomita, como diz um amigo meu...) ainda vive à maneira antiga... sou aquela que pensa "já convidei para café, já dei a entender que há interesse, agora o resto está nas mãos dele". Não sei explicar, sei apenas que por muito modernos que sejam os tempos, o homem continua a ter que se chegar à frente. Digam lá o que disserem, se um homem o faz, não é mal visto. Se for uma mulher, fazem logo um grande filme. E se o homem não o faz, é porque não tem interesse, ponto final. E aí, minha gente, não vale a pena forçar... Depois, há o eterno medo da rejeição. Que há... querem o quê? Sou humana. Tenho sentimentos. E se bastava ficar mal vista por tentar dar um beijo a um rapaz que do nada se vira para nós e se "corta", para quê ficarmos com o trauma da rejeição? Não há necessidade minha gente, não há... Continuo sem perceber, devo ser mesmo muito burrinha, se os gajos afinal gostam de mulheres sem problemas de avançar. Ou se, pelo contrário, preferem aquelas mais contidas... Alguém desse lado pode dar uma resposta?

Domingo na praia





O convivio é que valeu (ja que o benfica perdeu...)





sexta-feira, 27 de outubro de 2006

Regras da sensatez - Rui Veloso

(nunca uma letra me fez tanto sentido - quero é coisas novas. O passado já era : )


Composição: Carlos Tê / Rui Veloso

Nunca voltes ao lugar
Onde já foste feliz
Por muito que o coração diga
Não faças o que ele diz

Nunca mais voltes à casa
Onde ardeste de paixão
Só encontrarás erva rasa
Por entre as lajes do chão

Nada do que por lá vires
Será como no passado
Não queiras reacender
Um lume já apagado

São as regras da sensatez
Vais sair a dizer que desta é de vez

Por grande a tentação
Que te crie a saudade
Não mates a recordação
Que lembra a felicidade

Nunca voltes ao lugar
Onde o arco-íris se pôs
Só encontrarás a cinza
Que dá na garganta nós

São as regras da sensatez
Vais sair a dizer que desta é de vez

Devaneio

Pudesse eu fazer tudo o que me dá na real gana: saía daqui disparada, sem pensar que podia ser despedida (que se lixe!!!) e rumava sem destino. Viajava até me fartar. Curtia e divertia-me à grande, aproveitava à grande as maravilhas da vida e da natureza! Fosse eu milionaria, então não trabalhava até um dia me fartar. Viajar, sair, estar com amigos, talvez com o principe (aquele que não sei se existe), palmilhar o mundo de lés a lés, sem pensar em rendas de casa e contas e seguros de saude e e em futuros longinquos.

E depois acordo e ouço "n sejas parva" "n digas baboseiras" "acorda para a vida"

...

Horoscopo de hoje

No sector sentimental pode ser surpreendido pela flecha do Cupido, mesmo os que estão acompanhados, podem conhecer alguém que vai mexer muito com as suas emoções. Fase de enamoramento e paixão.

Dia favorável ao consumismo (com que dinheiro??? heim???)

Você é uma pessoa solidária e gosta de ajudar os necessitados. Lembre- se de que as pessoas próximas também precisam da sua ajuda (não tivesse eu ido ontem levar roupa e comida ao srº antónio, sem abrigo da nossa praça)


(medo... muito medo...)

Cansada mas feliz

Deitei-me tarde, como tem acontecido nos últimos tempos. Quem corre por gosto não cansa. É o caso. Tenho trabalhado imenso, para não variar. Mas hoje sinto-me feliz. O facto de ser Sexta também ajuda. Amanha posso acordar tarde. Hoje até se trabalha melhor. Escrevem-se notícias muito interessantes, como seja o facto do piloto de automóveis, Michael Shumacher, ter recebido de oferta uma ilha no Dubai, assim como quem recebe um doce... Hoje tenho jantar da Joana Gameiro, vulga Jiji, como ela odeia que eu lhe chame "ah e tal, isso era no liceu!agora somos crescidas", yeh, right... amena cavaqueira com as gajas do meu coração, da escolita : ) e hoje de manhã fui arranjar as unhas e a cor eleita foi mesmo o cor de rosa choque. Porque o meu espirito está dessa cor. Alegre. Ofuscante. Brilhante. Radioso. Há dias em que vale mesmo a pena acordar... outros que nem tanto...

Festão

Parece que no dia 4 de Novembro temos festão alusivo aos anos 80.

OLHA QUE CHATICE!!! (belita, vai ser a festa do ano : ))))))))))))

Devil Wears Prada

Se o Diabo veste Prada, eu não sei. Agora, que o filme tem três brasas, AI ISSO TEM!!!!!!!! Só por isso já valeu a pena ; ) (um loiro, outro moreno, outro mulato... é só escolher ; ) há para todos os gostos)

quinta-feira, 26 de outubro de 2006

Toda queimadinha

Epá, estou tão bem que fui almoçar à Maria Doceira com a Inês e a Le, e vim-me embora feliz e contente sem perceber que deixei lá a mala com TUDO.

Estou muito bem a trabalhar e toca o tlm:
"Boa tarde, estou a falar com a menina Ana Rita?"
"Sim, e a própria"
"Daqui fala da Maria Doceira, é só para dizer que deixou a sua mala... pedimos desculpa mas tivemos de invadir a sua privacidade para descobrir quem era a dona..."
"...vou já aí buscar... muito obrigada..."

MAS O QUE SE PASSA COMIGO??
(se n fosse a factura da optimus por pagar, à solta na mala, nunca saberiam o meu número... )

Sem abrigo

Ontem foi a noite com os sem abrigo. Às 20 h cheguei ao ponto de encontro, a sede da Comunidade Vida e Paz, em Alvalade. Conversar um pouco com o actual presidente, João Abrunhosa. Tudo a postos para a ronda pela cidade de Lisboa. Frio, chuva e vento. A noção de que não ia ser fácil. Os voluntarios sabem exactamente os locais onde eles estão. Paragem em locais inóspitos e escuros. Conversar com eles. Mostrar interesse e preocupação. O objectivo não é só dar comida. Mais do que isso, ouvir, fazer rir, fazer companhia, conversar. Muitos dormem em colchões molhados, mantas molhadas, pela chuva. O panorama não é favorável. Ninguém esperava que fosse. Mas o contacto com a realidade é qualquer coisa. De chocante, de triste, de nos fazer sentir muito pequenos, impotentes e percebermos que pode acontecer a qualquer um. Mais que drogas e alcool, desgostos amorosos e coisas que tais, atiram as pessoas para as ruas. Para becos sem saída. Os voluntários são os tipicos cómicos de serviço. Sempre de sorriso na cara, piada pronta a sair, há que levantar a moral. Para tristes, estão ali eles. De louvar o espirito com que vão para ali. Confesso que me senti muito pequena, muito frágil, em contacto com aquela realidade. E com a chuva, o vento, o frio, ainda se percebe mais as dificuldades por que eles passam. A maioria não fala para jornalistas. Nao gosta de câmeras. Alguns desabafam connosco. Culpam a sociedade. São rejeitados pelas famílias. Trabalharam 30 anos para hoje estarem na situaçãõ em que estão. Foi uma noite marcante. Chocante. Fiquei amiga de um deles. Hoje vou lá levar-lhe agasalhos e comida quente. Se quiserem ajudar visitem o site da Comunidade vida e paz (c pesquisa no google chegam lá num tirinho) e vejam como o podem fazer. Não custa nada. E ganha-se outro alento.

: )))

quarta-feira, 25 de outubro de 2006

Top + das desculpas, by cobrador do fraque : )

(n consegui escolher as que gosto mais, ficam todas, eheheh)


As + dos Consumidores:

· Perante um telefonema para interpelar ao pagamento de facturas o devedor responde: "Lamentamos mas a sua despesa não está inscrita no nosso orçamento para este ano!"
· “Já enviei o cheque pelo correio!”
· Pagar?!? Mas eu já paguei!!
· “Tou completamente teso...volte p’ra semana…”
· Acabei de me divorciar e ficou convencionado nas partilhas que seria a minha ex a pagar essa despesa!
· O serviço foi uma treta, o produto vendido estava cheio de problemas, etc.
· Estou doente e agora tenho as despesas do médico p’ra pagar!
· Tou desempregado!
· A minha mulher (marido) paga isso...
· Vou tentar...
· Está a incomodar a minha família! Vou apresentar queixa...
· Pago à vista assim que receber o reembolso do IVA!
· Oh! Espere um minuto! E depois o telefone é desligado...!
· Não consegui o empréstimo solicitado!
· A minha apólice de seguro é que tem que pagar isso!
· Assim que conseguir juntar um pé de meia, pago de imediato!
· Porra! Só isso? Tenho dívidas mais importantes a tratar...


As + Comerciais:
· Vamos solicitar a declaração de falência.
· Essa factura é da responsabilidade do outro departamento.
· Estamos à espera que os nossos clientes nos paguem!
· Não recebemos o produto/serviço.
· O cheque continua a aguardar para ser assinado.
· Hum! Não recebemos essa factura, guia, etc.
· O produto estava defeituoso.
· O Contabilista está doente/férias
· Estamos sem sistema, ligue mais tarde...
· Não! Não está na minha lista.
· Os pagamentos aprovados ocorrem apenas às Terças-feiras entre as 10 e as 11 horas.
· O cheque ainda não está assinado!

As + bizarras e estranhas:
· Perdi os meus óculos e não deu para ler o correio.
· O meu carro tá n’oficina e os Correios ficam a mais de 10 kms.
· A mesma pessoa que num momento é dada como falecida, uma semana depois no mesmo número de telefone...apenas foi ver um amigo e já volta...
· Não tenho a certeza se tenho que pagar essa factura...
· O meu correio foi roubado nos CTT quando procurava enviar o V. cheque. E quando cheguei a casa...não consegui encontrar o livro de cheques. Assim que o encontrar, tratarei de enviar, ok?

Horoscopo de hoje

Continue a descartar-se de tudo aquilo de que não precisa. A sua vida pode tornar-se muito mais simples e agradável.


(pois....)

Little Miss Sunshine



Foi giro. Fartei-me de rir. Inês, a tua homonima é um must : )))))))

terça-feira, 24 de outubro de 2006

Afinal houve copianço ou nao???

http://freedomtocopy.blogspot.com/


Vejam este blogue e digam de vossa justiça. Eu tenho cá as minhas dúvidas... gosto do Miguel Sousa Tavares, deve ser por isso... (n consegui linkar porque estou no trabalho e uso mac....)

Horoscopo de hoje

"Aqueles que estão sozinhos podem deixar definitivamente de o estar. O ambiente à sua volta é-lhe favorável, o que faz com que avance a passos largos para um bem-estar profissional"

SAÚDE: Tendência a cansaço intelectual e falhas de memória; tente descansar mais. (como???)
AMOR: Tende a consolidar uma relação; conseguirá ultrapassar hesitações pessoais. (qual relação???)
DINHEIRO: O sucesso não será imediato, mas há indicadores promissores. (estou à espera...)
HORA MAIS PROTEGIDA: 18h às 20h (ainda são 12 horas...)

Descontraia-se e descanse. Em vez de tentar fazer tudo hoje, tente fazer uma coisa bem feita por dia. Verá como tudo correrá melhor. (vão la dizer isso aos meus chefes...)

Cavalos???

A minha amiga Inês acaba de me contar o sonho dela, esta noite:

andava a passear de charrete com dois gajos e comigo, cujos nomes não revelo sob pena de ser espancada. Ela estava enrolada com um deles (medo, muito medo, porque o gajo é assim a modos que asssustador...), iam para um bar todos contentes e aqui a je ficava lá fora a tomar conta dos cavalos.

MIÚDA, A NOSSA AMIZADE FICA-SE POR AQUI!!! (a cuidar dos cavalos? oh mon dieu de la france...)

Anybody?

Alguém o que significa RUI em russo??

segunda-feira, 23 de outubro de 2006

giro???????????

Quem foi que disse que o Pedro, o Milionário é giro???????????? (é o que dá chegar a casa às 22 horas e jantar a ver esse programa maravilha...)

Tem uns olhos engraçados, é um facto... mas giro?' oh senhoras??? estais loucas?

QUEM ACHA O PEDRO O MILIONÁRIO GIRO PONHA O BRAÇO NO AR!!!! (tentei encontrar uma fotografia do rapaz mas foi em vão)

Conversa da redacçao

R - O que é que vai ser o tema de capa, mesmo?
I - A modelo ----
R - Ah é? Então qual é a novidade desta vez?
I - Oh miúda, nao sejas ingénua... não há novidade nenhuma... é capa. Ponto final.
R - Esqueço-me sempre desse pormenor... para ser capa já não é preciso haver grande história...

(what the fuck...)

Ressaca???

Hoje sinto-me de ressaca. Não bebi ontem. No Sábado bebi um gin tónico (um único!!), e a pergunta que se coloca é a seguinte:

porque raio estou com todos os sintomas quando não bebi uma gota?????????? Mas que m?#$% vem a ser esta?????

(Nunca mais é terça...)

E nao querem que eu esteja insuportavel...

Receber mails IMPORTANTES (not) às sete da tarde, quando foram enviados às três, não me parece muito bom sinal. Uma pessoa acha que está a ser ignorada, e tal, chateia a outra, envia sms e depois passa pela vergonha de perceber que a culpa é toda do delay nos mails...

EU MEREÇO!!!!!!

Estou insuportavel

Depois de um fim de semana chuvoso e de neura, eis que começa mais uma semana cheia de trabalho e muito sono à mistura... Sexta, jantar em família. O baguito esta delicioso. No Sábado fui jantar ao Alma Lusa. Belos secretos de porco preto... de comer e chorar por mais... de seguida, ida ao Berro. Há largos meses que não metia lá os pés. Gosto mesmo de ouvir o Daniel a cantar : ) Deitar tarde. Acordar tarde. Passar o Domingo a ouvir a chuva a bater em força na janela. À conversa no MSN, até ganhar coragem para sair de casa. Jantar com o pai. Café com amigos. Ver o Benfica ganhar, o Porto e o Sporting empatarem. Enviar umas sms´s no gozo, sobre o "maior" clube (NOT). Constatar que o fim de semana voou... e dar por mim a trabalhar outra vez, cheia de sono, rezingona, mal disposta e insuportável...

sábado, 21 de outubro de 2006

sexta-feira, 20 de outubro de 2006

Weekend sweet weekend

Isto de estar a escassas horas do fim-de-semana é quase como correr uma maratona ou ir a pé a Fátima... nos últimos quilómetros tudo parece sempre mais difícil e cansativo, a distância parece que não passa, assim como o tempo, e custa horrores.

Ai que stress... estou sempre a olhar para o relógio e o ponteiro parece que não avança... (e tem pilhas a funcionar!)

Leonardos

Sair da redacção às 20h. Rumar a Oeiras. A5 toda entupida... chuva para ajudar à festa... parar para meter gasolina, apanhar um banho que me deixa lixada (nunca tive jeito para gasolineira, que raiva!!!). Chegar a casa da Inês Gil. Esperarmos pela Su. Rumarmos ao Nepalês para um jantar de Leonardos (vulgos companheiros com quem vivi em Espanha, há dois anos). Chegar a Ju e a Jo. Contar novidades. Rir a bom rir. O namorado de uma que foi dar a volta ao mundo e só volta em Janeiro. O namorado da outra que está no Algarve. O emprego de outra. Os cigarros. A comida de comer e chorar por mais. A ausência dos leonardos homens - Helder e Bernardo. Nunca conseguimos estar todos... A conta que é baratissima. Os abraços de amizade e saudade. As promessas de outro jantar. De outras combinações. O rumar a Lisboa, pela A5, desta vez sem trânsito. A chuva continuou noite fora...

quinta-feira, 19 de outubro de 2006

Comunidade Vida e Paz

Aqui a je vai acompanhar uma noite com os sem abrigo, através da Comunidade Vida e Paz. Reportagem sobre a Instuição, os voluntários e as pessoas que "andam" nas ruas. Aqui a je está num excitex, porque acha que estas coisas são sempre úteis. Tomara que todas as reportagens fossem deste género!

: )))

Picadas para que te quero...

Ontem fui tirar sangue, fazer um electrocardiograma e uma espirometria, para a medicina de trabalho aqui da empresa. Hoje levei o terceiro reforço da vacina da hepatite A e B.

É caso para dizer, estou toda picadinha...

quarta-feira, 18 de outubro de 2006

Eu n sou assim!!!!

Mensagem de um "gajo"...

... a propósito do post sobre "o fundo do poço":

"pelos vistos ainda não estás no fundo do poço, ainda há um gajo que te convida".

(okok, já cá não está quem falou...)

terça-feira, 17 de outubro de 2006

Bate-se no fundo quando...

... sao oito da noite e a secretária de redacção encomenda pizzas para jantarmos todos no trabalho.

... nos casamentos dançamos com amigas.

... nós é que mandamos sms's, telefonamos, enviamos mails e convidamos um gajo para sair.

... nos dao dois textos, com dois temas diferentes, nos mudam os temas sem dó nem piedade e temos de começar tudo do 0.

and so on, and so on. : )))

Agora que os solteiros vão passar a pagar mais impostos...

...procura-se homem inteligente, charmoso, com sentido de humor, acima dos 26 anos, que não tenha traumas amorosos, com um corpinho bem trabalhado e uma carinha de bebé, um olhinho verde também vem a calhar, que beije bem, talvez que saiba o que faz na cama, tenha um trabalho de sucesso, ganhe o suficiente para dois, só tenha olhos para mim, me ame incondicionalmente, tenha muitos amigos, se vista bem,......................, para casar : )


(CAMBADA DE CHUPISTAS)

"Li num livro"

Não faças planos para a vida, que podes estragar os planos que a vida tem para ti...

Algumas das 164 (!!) fotos : )











Foi lindo...

segunda-feira, 16 de outubro de 2006

Casamos mais um

Já casámos mais um. Às nove lá estava eu no cabeleireiro. Desta vez, juntamente com a KIka. Às 12h30 arrancava no carro do pai do escovinha, com os pais dele, a joana, o maluco e o bananas. Igreja. O noivo a chorar. Nós todos emocionados. Para não variar. O cocktail. As fotos. As dores nos pés bem precoces. As mesas. A música. As conversas. As risadas. Os brindes. O efeito do vinho. Os gin tónico. A dança. Os pés descalços. A choradeira. Os desabafos. As fotos. A amizade. Quem se segue? Quero é festa : )

(fotos em breve)

Desorientada, eu?

Hoje perdi o meu carro no Vasco da Gama. Só podia ser eu... A última vez que me lembro de isso me ter acontecido, foi com a Inês, nas Amoreiras. As duas estarolas perderam o carro, correram o -1 todo e nada... até que se lembraram que podia estar no -2... (após termos pedido ajuda a um segurança). Hoje não chegou ao extremo, mas deixou-me preocupada. Não via o boguinhas nem por nada e eu jurava que ele estava ali... e o parque estava pago, e os 10 minutos para se estar ali estavam a terminar... enfim... devia andar com uma bússola ou um gps... alguém se oferece?

T-shirts à boa maneira portuguesa


A Sinhó fala disto no seu novo blog. Acho linda a ideia e estas são as minhas duas favoritas. Vejam todas aqui.

sexta-feira, 13 de outubro de 2006

Impulsos

Sexta-feira treze. Pumbas, comecei logo o dia (mal!) a discutir com a minha chefe. Um artigo sobre problemas na adolescência. Um dos entrevistados diz que tem de ver o texto antes deste ser publicado, para não haver riscos de sairem coisas erradas. Informei a minha superior. Até aqui tudo bem. Hoje, após ter entregue o dito, aviso "olha que a psicóloga quer ler". Resposta da superior "não me disseste nada. se é assim, esquece lá isso". Num segundo, viro bicho. Lembro-me do trabalho todo que tive. Das pessoas que andei a chatear para entrevistas e fotos. Das horas de sono que perdi. Respondo "mas não podias ter dito antes? excusava de ter tanto trabalho...". Estive mal. Fui mal educada. Tenho consciência. Fiquei triste comigo. Valeu-me uma manhã só a pensar nisto. Felizmente, tive a humildade de pedir desculpas. Perdi a razão quando respondi mal. Mas fico chateada comigo... a bater mal...

(o texto está lido, revisto, aceite pela psicóloga e sai na próxima quinta-feira)

Nao resisto a colocar esta foto do casorio do mano : )



(os noivos, em direcção ao copo de água, na "reliquia" do pai da noiva. Naquele carrro também foram os pais da noiva, no dia do casamento deles : ))))

Algumas fotos do jantar






quarta-feira, 11 de outubro de 2006

Milagre

Acho que nunca fiquei tão feliz por ver as minhas chefes a sairem daqui às seis da tarde... ai senhores que hoje saio antes das nove da noite... MILAGRE!!!

Uma cama? Cade?

Deitar tarde (para não variar), acordar às 6h45, olhar pela janela e constatar, com a tristeza de quem acorda sempre às 9h, que ainda é de noite... abrir a boca centenas de vezes enquanto apanho um táxi para o Conservatório de música. Ficar especada à porta do edificio e só passada meia hora perceber que é no Conservatório, pois claro, mas de dança. Conhecer o Marcelino. Esse pequeno bailarino sonhador. Entrevista-lo. A ele, à mãe, aos professores. Correr para a redacçao. Escrever o texto. Receber telefonemas atrasados de aniversário. Os olhos a pedir para fecha. O cansaço predomina. Até Domingo vai ser trabalhar e trabalhar... De dia na redacção, de noite na moda lisboa. E o cansaço vai predominar. E as histórias tenho de apanhar. E já estou a rimar, para a Sinho e a Jordão poder ultrapassar. Já estou é a disparatar. A inês está atrás de mim ao telefone com a Julia Pinheiro, em alta voz. Perguntas atras de perguntas. Ai a minha dor de cabeça... Olho para as minhas unhas e vejo que estão uma lástima. Não vou ter tempo de ir arranjá-las. Daqui vou directa para o meu jantar. Com os meus amigos. E de momento penso "queria tanto uma cama...".

28 anos

Acordar, ligar o tlm. Começar a receber sms's. Atender uma chamada da mãe, que me diz "hoje é o teu dia, veste uma coisa bonita". Rumar estilo zombie até ao wc. Tinha-me deitado quase às três da matina. Trabalhar all day long. Atender telefonemas e receber sms's a cada cinco minutos, se tanto. Algumas surpresas, de quem não esperava. Algumas desilusões de pessoas que julgava serem importantes e ser considerada importante. Chamada do mano, directamente da Tailândia, às 11 da manhã, a cantar-me os parabéns. Pelo meio, almoço na Maria Doceira com a Inês e o Luís. Jantar em famíia. Sentir o coração quentinho com tanto mimo. O abraço do baguito que chama muito pela tia Rita. O seu cheiro a bebé. Os presentes. Uma pulseira linda. Um top fashion. Um telemóvel (que me deixou à nora). Um deitar tarde, para um acordar às 7 da manhã. Uma ruga na testa de preocupação: "merda, devia estar a dormir, em lugar de estar a escrever isto...". Mais um ano. Mais uma vela. Mais uma volta no carrocel.

segunda-feira, 9 de outubro de 2006

Parabens...

... à minha pianista favorita, pelo seu aniversário ontem (adorei a tarde, o jantar, a saída, de sábado à noite).

Ao marocas-mário-joao-pedro-roque, pelo seu aniversário hoje!

Adoro-vos de coração. Mas sei que vocês sabem disso : ) Meus balancinhas lindos : ))

Last day

Último dia com 27 anos. Balanço do ano que passou. Vi o meu sobrinho crescer como nunca, a dizer palavras e a falar imenso. Acompanhei o noivado do meu irmão e vi-o casar. Saí de casa. Vivi com outra pessoa. Separei-me dessa pessoa. Sofri essa desilusão amorosa. Superei-a com sucesso. Ganhei mais do que perdi. Continuei a viver sozinha. Aprendi a gerir o meu espaço. O meu dinheiro. A minha vida. Fiz novos amigos. Alimentei as amizades de longa data. Diverti-me muito. Saí muito. Fui muito ao cinema. Viajei. Fiz muita praia. Emagreci. Tive os meus casos. Dormi muito. Trabalhei muito. O meu avô partiu. As amigas de sempre continuam as mesmas. Passei a dar valor a coisas que nunca me passaram pela cabeça. Ganhei dois pais. Tino e Zé António. Dei muitos beijos e carinhos ao meu verdadeiro pai, o das barbas. Chorei. Ri. Estive contente. Estive triste. Levei tampas e também as dei. E sou capaz de jurar que agora, quando fizer os 28, a minha vida vai ser repleta de mudanças. Sinto isso. E vou estar atenta. E amanhã é o meu dia. O nosso dia, mano querido. E hoje, à meia-noite, estarei com as amigas do peito. E amanhã, trabalho o dia todo, para à noite estar em família. E na quarta, depois de ter de estar às oito da manhã para entrevistar uma criança de oito anos e de escrever sobre isso, ainda haverá lugar para um jantar com parte dos amigos. A outra parte, estarei com eles no casamento do ruizinho e da rita, no sábado. Porque eu sou como os verdadeiros ciganos: gosto de festejar dias a fio. Como se não houvesse amanhã. Porque devemos estender e prolongar as alegrias, no tempo, e esquecer o quanto antes os dissabores, que não interessam a ninguém : )

A partir da meia-noite, minha gente, é o meu dia. Faço 28 anos. E vou estar rodeada de gente que amo. (estarão em falta, e por uma excelente causa, o mano pedro e a cunhada kika)

Volver

Yo adivino el parpadeo
de las luces que a lo lejos
van marcando mi retorno...
Son las mismas que alumbraron
con sus palidos reflejos
hondas horas de dolor..

Y aunque no quise el regreso,
siempre se vuelve al primer amor..
La vieja calle donde el eco dijotuya es su vida,
tuyo es su querer,
bajo el burlon mirar de las estrellas
que con indiferencia
hoy me ven volver...

Volver...
con la frente marchita,
las nieves del tiempo platearon mi sien...
Sentir...
que es un soplo la vida,
que veinte años no es nada,
que febril la mirada,
errante en las sombras,
te busca y te nombra.

Vivir...
con el alma aferrada
a un dulce recuerdo
que lloro otra vez...

Tengo miedo del encuentro
con el pasado que vuelve
a enfrentarse con mi vida...
Tengo miedo de las noches
que pobladas de recuerdos
encadenan mi soñar...

Pero el viajero que huye
tarde o temprano detiene su andar...
Y aunque el olvido, que todo destruye,
haya matado mi vieja ilusion,
guardo escondida una esperanza humilde
que es toda la fortuna de mi corazón.

domingo, 8 de outubro de 2006

Centenas sem escolaridade obrigatória


Alunos entram na faculdade sem o 9º ano


Há universidades que estão a receber centenas de alunos sem o 12º ano, ou mesmo sem o 9º ano. A possibilidade foi aberta pela autonomia dada pelo Governo, em nome da igualdade de oportunidades na educação

A única condição é os candidatos terem mais de 23 anos, fazendo depois uma prova e uma entrevista de admissão, que em muitos casos é um mero pró-forma. Na Escola Superior de Gestão de Santarém, por exemplo, os 129 candidatos sem o 12º ano foram todos aprovados.Esta solução está a impedir o encerramento de cursos que doutro modo não teriam alunos.

(Mas que raio?)

sexta-feira, 6 de outubro de 2006

Emoçoes

Num dia vê-se um irmão casar. Noutro dia um avô a morrer. E noutro dia ainda fazemos anos. E a vida é mesmo uma turbilhão de emoções...

Paciencia de santa

Hoje voltei a apanhar um susto: estou a dormir muito bem e começo ouvir barulhos de alguém a meter uma chave na porta de entrada da minha casa. Acordei estremunhada, eram 8h30, e pensei com os meus botões "mas que raio, ninguém, para além de mim, tem a chave. Mas que merda vem a ser esta?". Levanto-me, dirijo-me à porta, olho pelo buraco para ver quem é, deparo-me com três loiras esgroviadas e de ar alucinado. "Porra", penso, "mas que raio", e abro a porta. De mochilas às costas, começam a falar inglês, a pedir desculpa. Comecei logo o dia a "palrar" outra língua, sem me aperceber. Perguntei para que andar queriam ir (sempre com o meu ar de zombie acabada de acordar...). Disseram que era para aquele, mas não sabiam se era B ou se era D. E sempre a pedirem desculpa por me terem acordado. Eu olhava para aquelas aves raras e só pensava "eu mereço". E nisto, do nada, abre-se a porta em frente à minha, aparece a quarta esgroviada, também ela loira de óculos e frickie (eram todas iguais...), e diz "here!". As gajas viram costas, entram, fecham a porta e eu fico tipo espantalho de porta aberta.


Mas há pachorra????

Pessoas prevenidas ; ) hehehe!



Boa maneira de não se esquecerem do nome, lol!!

As amigas no casamento




...

You Are An ESFP
The Performer
You are a natural performer and happiest when you're entertaining others.A great friend, you are generous, fun-loving and optimistic.You love to laugh - and you like almost all people equally.You accept life as it is, and you do your best to make each day fantastic.
You would make a good actor, designer, or counselor.

Obrigada

Quero agradecer a todos os que me enviaram sms's, me telefonaram ou tiveram uma palavra para mim, nestes dias. A vida sem amigos realmente perderia muito do seu sabor!! Tudo fica sempre mais fácil com o vosso apoio : )

Para o mano e para a Kika

O mano gémeo e a nova cunhada (no papel, pois claro) comentaram o meu blog, directamente da Lua de mel, na Tailândia (no post sobre o festão de casamento). Fico muito feliz por estarem bem. Por estarem felizes. A vossa felicidade é a minha. Hoje e sempre : )

A minha mesa no casamento do mano