sexta-feira, 10 de novembro de 2006

Sexta

Hoje é noite de Rui Veloso, no Pavilhão Atlântico. Amanhã à noite, magusto em casa do Sebastião. Já entreguei o texto das danças. 5500 carateres. "Estás doida?", pergunta a chefe. "São só duas paginas", remata. "Então porque me pedem para falar com quatro pessoas?", contraponho. "Se calhar era boa ideia passarem para três páginas", defendo-me. Entretanto, a colega do lado lança o boato "Terça é feriado!". Os olhos brilharam. Durante uma hora fui feliz. Até que descobrimos que foi engano... E a tristeza voltou. É como dar um doce a uma criança e depois tirarem-no. "Quem dá e volta a tirar ao inferno vai parar". Essa é que é essa : ) (e isto aplica-se a tantas outras coisas que se têm passado na minha vida...)

A tarde avizinha-se longa. So long... farwell, aufiderzien (??), goodbye... Hasta pronto!

4 comentários:

Pekebiba disse...

Bora lá beber um copinho de jeropiga?! LOL

;-)

Jordan disse...

aufwiedersehen ou qqr coisa assim :P
nem parece q andámos no goethe :P

Rita disse...

podes n acreditar mas nem m lembro q andei no instituto alemao, lol! so m lembro do colega ze pedro, giro q so ele :PPPPP

Ana disse...

Ó Rita...os feriados são para se saber de cor e salteado! Deverá ser a primeira preocupação de qualquer trabalhador que se preze...hihihih