quinta-feira, 7 de setembro de 2006

Sem título

Nem acredito que já estamos em Setembro. Que o Outono está prestes a chegar. As folhas vão cair. A chuva há-de vir. E os dias ficam mais tristes. E acorda-se com frio e sem vontade de sair da cama. E eu não estou preparada para essa mudança. Quero mais uns meses de verão. Poder andar com pouca roupa. Bronzeada. Ter as janelas todas abertas. Ir à praia quando quiser. Sentir a areia nos pés. O sol a queimar nos ombros. Nasci no Outono, mas sou uma vendida. Sou filha adoptiva do Verão. No meu dia de anos o dia está sempre chocho. Ou há muito vento, ou chuva, ou frio. E o próprio mês é um bocado triste. Escuro. E por falar em aniversário, este ano o mano gémeo não vai estar comigo. É a segunda vez que isso sucede. Sei que vou estar tristonha. Mas feliz por ele, que festeja a lua de mel. Nem acredito que os dois manos estão casados. Nem acredito que já somos crescidos. Quero voltar aos tempos em que brincávamos. Em que não havia responsabilidades. Em que eu não tinha momentos de devaneios sérios. Em que não chorava sem razão aparente, como acontece nos dias de hoje. Este post está uma confusão. Mas eu sou confusa. Pequenina e confusa. E apetecia-me o colo da mãe, só um bocadinho. Ou uma festinha no cabelo. Ou cócegas nas costas. Será que esta onda de menina mimada não me passa? Oh que caraças...

2 comentários:

nina disse...

E uma beijoca de uma "amiga" virtual, serve?

Bjs

Star * Dust disse...

Tb eu sou completamente apaixonada pelo Verão... desde que me lembro de ser gente que é a minha estação preferida!