sábado, 12 de agosto de 2006

Longe...

Ontem voltaste a dizer-me que ando pensativa, longe, aluada e que quando menos as pessoas dão por isso, já eu estou longe, muito longe. Talvez seja verdade. Talvez ande no mundo da lua. A minha vida nestas semanas tem sido um reboliço. Não tenho parado. É praia, copos, jantares, saídas. E depois tenho essas tais paragens. Que não consigo explicar. Que fazem parte de mim. Tens sido muito importante nesta altura tão doida. Tão marada. Tão minha. Tão nossa. Quando eu estiver assim, longe, chama-me para perto de ti. Isto tudo faz parte do pós-relação que estou a viver. De querer colocar as ideias no lugar. E de seguir a minha vida. Colocar os pés no chão. Porque a boa vida é óptima, mas não pode durar para sempre. Vou estar duas semanas no algarve. E quando voltar vou estar nova. A mesma, mas rejuvenescida. Fica prometido. Está escrito. : )

Com tanta borga e maluquice, lol, estou doente!! Garganta, pulmões, nariz. LOL, mas vale a pena : )

2 comentários:

rita disse...

um dia destes pões os pés na terra. e mais uma vez lá estarei!

beijos

Star * Dust disse...

Sempre na desbunda!!!