terça-feira, 18 de julho de 2006

Fim-de-semana

Sexta, sair do trabalho rumo aos "meninos do rio". Brisa de final d tarde, olhar o rio. Fechar os olhos e n pensar em nada.

Sábado: o melhor foi mesmo a praia grande às 7 da tarde com a mae, mano e kika. O jantar a 4 no brasileiro em janas. O dormir c a mami, como ha muito n fazia.

E ontem, domingo, sardinhada em sesimbra, com três bebés lindos. O baguito, a marta e a ines. Tudo filhos da geração do mano grande. (ele e os meus primos)

Hoje conversa aqui, conversa ali. Conversa em dia com a Paulinha, companheira do Dubai. Abraços de amigas. Pianista e os seus mimos. Um peluche e uma toalha de praia da pucca. Derreto-me toda com estas coisas. Jantar/cafe com uma misturada de amigos: Pianista, Lezita, Relvitas, Jordanilda, Belinha e Gongas. Muita risada. E muitos telefonemas carinhosos. E a vida consegue, quando quer, mostrar-nos aquilo que realmente vale a pena. E os manos, a mae e o baguito a darem-me a maior das provas de amor.

O baguito até já diz "tia rita". E deu-me beijinhos quando me viu chorar. E existe coisa mais reconfortante?

Inté!

10 comentários:

Nina disse...

É verdade...nestas alturas o mais importante é vermos que temos o carinho dos amigos e da família. São eles o nosso "porto seguro" e são eles que nos mostram que vale a pena olhar em frente.

Beijocas

Anónimo disse...

Existe.

morango disse...

E a felicidade é feita destes pequenos momentos! ;o)
bjinhos Rita!

Sinhó disse...

:)VIVA O BAGUITO que finalmente aprendeu uma palavra como deve ser:) TIA RITA É Q É!

charlotte disse...

Sim, finalmente aprendeu. Ja nao era sem tempo ehehehe
Tenho de ouvir o baguito a dizer isso ;)))
Deve tar cada vez mais querido!!!! :)))))

Jordan disse...

Toma lá mais um punhado de beijinhos minha querida :)!
O nosso cafezito fez-te bem, tal como vão fazer todos os mimos da família e dos amigos.
É nos grandes desgostos que temos as maiores revelações de carinho e solidariedade... Perdemos umas coisas, recebemos outras.
Daqui a uns dias já estás a dominar esse mundo todo, bem ao teu jeito mitra que eu tanto gosto :))))!

Beijo GIGANTE!!!

a retratada disse...

Baguito, tanana!!! Baguito, tanana!!! ;P

Catarina Figueira disse...

Espero que cedo, cedo te sintas capaz de continuar a inundar a vida (a tua e a dos outros) com a tua boa disposição contagiante... Um grande, grande beijinho

Lipa disse...

Pois é amiga, nós damos valor ás coisas mas quando estamos mais carentes damos ainda mais valor e importância ás pequenas coisas da vida, não é?
Força, estamos aqui!
Dá uma saltada ao meu blog, tenho uma supresa....
Beijinhos

Anónimo disse...

Minha querida Ritinha,
Aquele café ontem, apesar de não ser pela melhor razão do mundo, só demosntra o qto amada és por tantos!

Há meses que não cafézavamos!
Independentemente de tudo, o que tiver q ser teu, será!

Um beijo mto grande desta tua amiga,

Ps. Sorry ter falado de não teres ido p o emprego.....

Belinha