domingo, 4 de setembro de 2005

Fim-de-semana

Acordar tarde, arranjar-me para ir até à praia com uma amiga. Não sem antes ir ter com os manos para almoçarmos na pizzaria da esquina da rua da avó. Finda a refeição, rumo à Praia Grande. Dia espectacular. Mar apetitoso. Banho refrescante. Dormir na areia. Regressar a Lisboa para me preparar para o jantar de aniversário do Paulo. Comer um belo bife com molho de natas. Matar saudades do bruxo, da sua mana, da belita e da susanona... conhecer a pequena Mariana no auge dos seus dois anos. Ficar derretida. Trocar mimos. Rir a bom rir. Ter o cheiro forte a gasolina a ilustrar o jantar (quem lá esteve sabe do que falo). Depois, pegar no carro do namorado (que está bebido o suficiente para ter de ir no lugar do acompanhante) e rumar até um bar para estar com um amigo que não vemos há tempos. Dar um dedo de conversa. Voltar para casa e dormir aconchegada em quem se ama.

Não quero ir trabalhar na Segunda-feira.... (e hoje ainda é Domingo, o Pipo dorme ferrado, vou jantar a casa de uma amiga e estou feliz...)

Sem comentários: