terça-feira, 26 de julho de 2005

Dia dos avós

Tenho saudades dos pais da minha mãe. Do avô que me ensinou a andar de bicicleta e o alfabeto. E que dizia vezes sem conta "apre!!" e que era o nosso melhor amigo. Da avó que uma vez na Isla Canela fechou a porta na cara de um rapaz por julgar que ele andava a vender cocaína porta-a-porta... e afinal era conquilha e a avó zé tinha percebido mal. Saudades de quando me trocava o nome pelo da minha prima "sarinha para aqui e sarinha para aqui" e a ela chamava ritinha. De ir na mundial turismo passar as férias a sua casa com as amigas.

Não quero lembrar mais : (

2 comentários:

Ipa disse...

É bom lembrar, principalmente os bons momentos!! eles estaram sempre na tua memoria :)

Star * Dust disse...

Se até no cabo existe o canal memória é porque vale a pena recordar, desde que não se viva preso às recordações!