quarta-feira, 26 de janeiro de 2005

Preterir? Estás a chamar-me algum nome??

Tenho que partilhar uma coisa convosco, ahhaha. (sim, já me estou a rir...). Desta vez vou contar como aprendi o significado do verbo preterir (se n sabem o significado procurem). Uma história muito interessante. A mim dá-me vontade de rir (já vão perceber porquê).

Ora, aqui há uns largos anos estava eu com o namorado da altura que insistia em ter algo intimo (eheheheh). (ok ok, fazer amor). A mim não me apetecia, ou não estava com pachorra para ele, ou estava chateada, já não me lembro (devia ser uma daquelas dores de cabeça...) e disse-lhe. Ora, o rapazito sai-se com uma frase com um ar triste:

"estás a preterir-me...".

Epá, confesso que com os meus 18 anos deveria ter obrigação de saber o significado de tal verbo. A verdade é que não sabia mesmo. Mas não me desmanchei. Acenei com a cabeça como quem entende muito bem o que ele quis dizer.

Fiquei a matutar naquilo e, como curiosa que sou, mal cheguei a casa corri para o dicionário. BINGO! Lá estava o significado. Acho que devo ter ficado com um certo peso de consciência, mas hoje quando me lembro disto rio-me a bom rir.

E pronto, mais uma "bela" história da minha vida!


Sem comentários: