segunda-feira, 15 de novembro de 2004

Sevilha sonha com o seu sobrinho

Há dois dias que sonho com o nascimento do meu sobrinho, tal é a ansiedade de ver os seus dedinhos, a sua boquinha e pezinhos, td pequenino : )

Na primeira noite sonhei que o bébé era sobrinha-menina, q dormia muito descansada de barriga para baixo, e eu lhe fazia festinhas nas perninhas q já eram peludinhas. Toda a casa cheirava a bébé. E o sossego era geral. O mais estranho de tudo é q a minha cunhada continuava grávida... com o seu enorme barrigao.

Na segunda noite a Patrícia dava entrada na Maternidade. Eu já lá estava com a Lé e Cláudia (n sei pq vcs amigas, lol). A mami tava lá c a amiga-médica. O mano chegou com o seu amigo Francisco (tb n faço ideia pq...). A Patrícia, ao vê-lo, encostou a cabeça no seu ombro e disse "n chores joao...", qd era ela q chorava.
Depois, passado um bom bocado vieram dizer q estava demorado porque tinham parado as contracçoes. E eu até brincava c a situaçao... (n me lembro do q dizia). Só sei q parecia q a mae ia ser eu, já q estavam lá imensas pessoas minhas amigas e q n têm qualquer relaçao com o mano ou a Patrícia. O Varela, por ex, ou o Mário... cena estranha!!

Francisco, nasce logo porque n vejo a hora de te beijar os pezinhos e te encher de mimos : )






1 comentário:

100tidos disse...

Vais deixar de ser "tia" no sentido espanhol para passares a ser uma de verdade...e das mais babadas!!!:)))