domingo, 11 de julho de 2004

Mais dúvidas

Realmente não existe nada mais ingrato do que ouvir palavras como "estás-te nas tintas" ou "não queres nem saber", quando temos plena consciência que realmente nos preocupamos e tentamos dar apoio. Pelos vistos esperam sempre mais de nós...
Apetece mesmo dar razão, ficar mesmo nas tintas e não querer saber de nada! Aí talvez já não tenham nada para nos dizer ou apontar... digo eu... (ouvimos sempre coisas inesperadas mesmo)

Se temos que aceitar as pessoas como elas são e respeitá-las, assim como aos seus "timings", porque não podemos ser aceites assim e respeitadas, sem ter de ouvir as tais frases maravilha?

Teremos de estar sempre lado a lado para provar que apoiamos as pessoas de que gostamos? Não arredar pé? Se calhar temos... o erro provavelmente está em mim. Esqueçam, lá isso!

1 comentário:

Psico_Pata disse...

N acho q tenhas q estar smp ao lado, nem ser ama-seca.Há um tempo certo para tudo...mesmo para os amigos.O importante é descirtinar esse tempo certo.Distinguir a diferença de uma "birra" ou"amuo" ou de um pedido de ajuda, de uma chamada de atenção sentida.

Acho q,por xs, estamos demasiado ocupados connosco para ver q há quem precise de nós.Quem sente a nossa falta...e n é capaz de dizê-lo. É verdd q aceitamos os amigos como são.Q podemos tentar limar arestas, mas q, na maior parte das xs, vamos aprendendo a contorná-las.E, se por acaso nos depararmos com uma q n estávamos à espera,o melhor mm é tentar "apalpar o terreno" e saber como lhe dar a volta:)