segunda-feira, 19 de julho de 2004

Adoro-te

Cada dia que passa estás mais no meu coração, na minha vida, no meu pensamento. Uma coisa que começou por acaso, do nada, e da qual não se esperava que fosse algo por aí além, está a dar que falar. A vida é mesmo uma caixinha de surpresas...
 
Já não abdico de estar contigo, de te abraçar, de ouvir a tua voz, de saber de ti, sentir o teu cheiro. Estamos cada vez mais cúmplices, as nossas conversas, as nossas brincadeiras, a nossa amizade, o nosso silêncio agradável, a nossa entrega mútua... toda uma mistura de factores...
 
Só queria que estas palavras chegassem até ti, que vivessem o momento...
 
 
 
 

4 comentários:

Anónimo disse...

estive lá no inicio dessa coisa que ninguém dava nada...
é bom saber que criou raízes!
beijos laranjinha!!!!

Anónimo disse...

eu vi nascer aquilo que ninguém dava nada, contra tudo e todos!

beijos laranjinha!!!! ;)

Anónimo disse...

Quem diria que duas pessoas tão diferentes, com feitios tão opostos conseguiriam entender-se e cirar uma relação ?
Ainda bem, porque tu mereces.
Espero que a vossa relação seja um sucesso.
Se algum dia ele te maguar avisa que o GuGu espanca-o.

ritolassss disse...

*A lontra Cora*
Linda ... Concordo com tudo que dissestes, e acrechento :

ADORO-TE MUITO MUITO MUITO

Desta lontra apaixonada por ti Texuga